18 de mai de 2015

Família de Bofete pede ajuda para criança que espera transplante

- Foto da menina foi postada no Facebook para conseguir ajuda 
Laura, uma menina de oito anos, é de Bofete, mas como está internada em São Paulo, precisa da ajuda para que a família fique perto dela. O pai está sem trabalhar para acompanhá-la, e a mãe tem um outro filho pequeno e ganha o salário mínimo. 

Diante disso, a prioridade é que haja o doador de um coração para a Laura, que está num abrigo oferecido pelo Incor, e sem condições de voltar para casa, por correr risco de vida, devido às explicações do próprio texto.


Veja a carta que está sendo divulgada:
Olá, meu nome é Laura, tenho 8 anos. Sou da cidade de Bofete, interior de São Paulo.
Em Janeiro de 2014, descobri uma doença no coração, foi diagnosticado miocardiopatia dilatada (meu coração estava inchado). Comecei o tratamento para essa doença e fiquei 49 dias internada, sendo eles 17 na UTI em coma induzido, porque tive uma parada cardíaca de 40 minutos. 

Os médicos já tinham desenganado minha família, mas não queriam desistir de mim. Eles disseram que seria impossível eu sobreviver sem nenhuma sequela, mas eu recebi uma graça... Nasci de novo. Quando saí do hospital, continuei o tratamento durante um ano.
Em Fevereiro de 2015, tive a minha primeira consulta no Incor (Instituto do Coração), onde já me encaminharam a uma casa de apoio ACTC, pois preciso fazer um transplante de coração.

Meu pai abriu mão de seu trabalho para ficar comigo e minha mãe está cuidando de meu irmão mais novo em casa. E vem me visitar toda semana. 

Peço para o papai do céu me mandar logo um coraçãozinho novo, para que eu possa voltar para casa junto com a minha família e amigos, pois sei o quanto eles estão sofrendo com minha ausência e a falta de recursos financeiros, já que meu pai abriu mão de seu trabalho enquanto esperamos pelo transplante. 

Peço a todos que orem e torçam por mim, para que isso se resolva logo. Obrigada a todos que já estão ao meu lado e de minha família.

Doe aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário