11 de ago de 2018

Botucatu tem projeto de casas e apartamentos

O secretário da Habitação de Botucatu, José Carlos Broto, informou nessa semana que a Prefeitura está tentando aprovar um novo conjunto habitacional na cidade para famílias com renda a partir de R$ 1.800,00 na Faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.
Ele afirmou que prefere não dar muitos detalhes por enquanto para não gerar falsas expectativas, pois ainda não há aprovação do projeto que está em análise.
Esse formato de empreendimento não tem sorteio, diferente do que ocorre na faixa de salário anterior, deixando as casas à disposição para quem tiver interesse, bastando que a pessoa comprove renda e tenha o nome sem restrições de crédito. O assunto foi tratado na Rádio Municipalista.
Em construção - Enquanto isso, a Prefeitura seleciona os documentos de famílias para divulgar a data do sorteio de quase 1 mil apartamentos do Faixa 1 - renda familiar até 1.800,00 do Bairro Cachoeirinha, ao lado da Cohab 2. Cerca de 10 mil pessoas se inscreveram no projeto.
Recentemente a empresa Ecovita entregou o residencial Paratodos, ao lado da Rodovia Gastão Dal Farra. O bairro é composto de 337 casas com 44,04m² de construção.
Vários bairros foram construídos também por outras empresas na mesma no região sentido Demétria. Mesmo assim, continua grande a procura de pessoas precisando de uma casa ou apartamento para morar e deixar de pagar aluguel.

Outras oportunidades no momento:
Botucatu tem outras unidades em construção em que a pessoa pode financiar pela Caixa com prestações a partir de 550,00 ao mês. 
Turmalina - Será na Av. Roberto Sidney Bueno que liga a região da Vila Jardim e Comerciários ao Centro da cidade. Saiba as condições aqui. Local tem 2 dormitórios e áreas de lazer.
Belize - Novo condomínio terá área de lazer com playground, bicicletário, espaço gourmet e salão de festas. Este é o Belize: apartamento com 2 dormitórios e espaços de lazer em Botucatu (SP). Os subsídios são até R$ 31.665,00. Informações: (14) 99120-7000 - Envie um WhatsApp 14 991207000 e seja atendido por um vendedor credenciado. O endereço é Rua João Coelho da Silva, 425, na região do Jardim Itamaraty. Saiba as condições aqui.
Chácara - Para investimento maior na área rural também há opção de uma chácara com pomar e local murado para quem busca espaço com espaço para montar uma área de descanso e lazer no bairro Califórnia 1. Veja o local.

Conheça  financiamentos da Caixa:
Famílias com renda de até R$ 1.800,00:
Faixa 1 - A Caixa oferece várias vantagens para a sua família. Conte com um financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A garantia para o financiamento é o imóvel que você vai adquirir. Assim, fica muito mais fácil realizar o sonho da casa própria.
Famílias com renda de até R$ 2.600,00:
Faixa 1,5: Você pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela Caixa com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais.
Famílias com renda de até R$ 4.000,00:
FAIXA 2: Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você se encaixa nesta faixa do Programa Minha Casa Minha Vida e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00.
Famílias com renda de até R$ 7.000,00:
FAIXA 3: Para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​, o Programa Minha Casa Minha Vida oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado para você conquistar uma casa própria.

Lotes poderão ficar menores - Uma comissão foi criada na prefeitura de Botucatu discutir mudanças no plano diretor que discute o crescimento da cidade. Uma das possibilidades é que os loteamentos possam ter terrenos mais acessíveis ao bolso do botucatuense com tamanho a partir de 200m2. A intenção é permitir que a pessoa consiga construir adquirindo um terreno mais acessível. Hoje um terreno não pode ser vendido pelo loteador com menos de 250m2 - ou seja - o que geralmente dá 10m de frente e 25m de prolongamento da frente até o fundo do lote.
Tudo isso será analisado e discutido em audiências públicas e em votação com os vereadores em datas a serem agendadas.

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news
(do Agência14News - com assessoria)

Prefeitura abre novo concurso para 35 vagas

A Prefeitura da Estância Turística de Avaré vai promover novo concurso público para preencher 35 vagas de cargos disponíveis. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, 13 de agosto, e se estendem até as 23h59 do dia 17 de setembro. Os salários variam de R$ 1.391,73 a R$ 3.018,24.

Os interessados podem se inscrever diretamente pela internet, por meio do site (www.dedalusconcursos.com.br). Acessado o link, o candidato deve localizar na página a aba “Abertos para inscrição” e clicar no edital desejado. Em seguida, deve inserir o CPF e fazer o cadastro se for primeiro acesso; caso este já seja cadastrado somente fazer o login e efetivar a inscrição, escolhendo o cargo, preenchendo corretamente a ficha de inscrição e imprimindo uma cópia do requerimento de inscrição.

Após o preenchimento do cadastro, será gerado um boleto bancário no valor do cargo escolhido, sendo R$ 6,52 para ensino fundamental incompleto; R$ 8,48 para ensino médio completo e R$ 11,26 para ensino superior. O pagamento do boleto poderá ser feito em qualquer agência bancária, internet banking ou casas lotéricas, até a data de vencimento estipulada. Mediante o pagamento, o candidato terá concluído a sua inscrição.

Entre as áreas e as vagas disponíveis estão: condutor de veículos de transporte coletivo (6 vagas), telefonista (2 vagas), agente administrativo (10 vagas, sendo 1 para pessoa com deficiência), agente de fiscalização (2 vagas), auxiliar contábil (1 vaga), técnico em enfermagem (2 vagas), assistente social (4 vagas), enfermeiro (3 vagas), enfermeiro do trabalho (1 vaga), arquiteto (1 vaga), engenheiro civil (1 vaga) e psicólogo (2 vagas).

Segundo o Edital 002/2018, para que chegue ao conhecimento de todos e que ninguém possa alegar ignorância, o edital resumido será publicado na imprensa oficial e fixado no quadro de avisos do Centro Administrativo e do Paço Municipal. Também será publicado no Semanário Oficial da Estância Turística de Avaré na versão impressa e digital, no site oficial em (www.avare.sp.gov.bre nos sites (www.dedalusconcursos.com.br /dedalus.listaeditais.com.br), assim como poderão ser publicados eventuais aditamentos, comunicados e instruções específicas para a realização do concurso público nos demais jornais de circulação de Avaré e região.

18 de jun de 2018

Festa Junina do Menino Deus em Botucatu

14 de julho é o dia da festa julina da paróquia Menino Deus. O evento vai acontecer no salão da Capela de Santo Antonio - saída para Piapara.

Evitando tensões causadas pelo dinheiro na relação

O amor exige um investimento e não sai barato, financeira ou psicologicamente! Quase sempre é necessário abrir a carteira, seja para uma comemoração especial ou um presente simples para lembrar alguma data importante, é essencial mostrar ao seu par o quanto ele importa para você.
Mas, existem outras formas de dizer “eu te amo” sem arruinar as suas finanças, muito pelo contrário. Já que a maioria dos casais admite que o dinheiro é o grande motivo de discussão, um bom presente seria conciliar as questões financeiras e terminar com as brigas inúteis, algo muito mais saudável para o seu relacionamento do que um buquê de rosas ou um maravilhoso anel da Tiffany.
Uma das dicas fáceis de colocar em prática, desde que haja disposição, é falar sobre as prioridades e gestão financeira desde o início da relação. Clareza, honestidade e transparência evitarão frustrações futuras. Se você já estiver em um relacionamento que ainda não teve este tipo de abordagem, lembre-se de que sempre é tempo para um diálogo aberto, tentando eliminar as divergências.
Definam qual será a contribuição de cada um no orçamento do casal. Planejem, escolham os investimentos que pretedem fazer e onde gastar o dinheiro. As contas serão mantidas separadamente? Haverá uma conta conjunta para as despesas em comum? Decisões importantes que irão impactar na administração dos recursos.
Mantenha um grau individual de independência financeira. Uma conta só sua para despesas pessoais ou, se vocês compartilharem tudo, um percentual que poderão dispor como desejarem, sem nenhum tipo de questionamento da outra parte.
Elaborem um texto individual sobre “como me sinto com relação ao dinheiro”, abordando aquilo que aprendeu com os seus pais, como lida com as questões financeiras, quais as suas expectativas. Guardem as narrativas e aproveitem para fazer a troca dos textos depois de uma discussão acalorada a respeito de dinheiro. Será uma maneira de tentar compreender os motivos de determinados comportamentos. Outra ferramenta saudável é fazer uma avaliação periódica das finanças do casal, corrigindo as falhas antes que venham a se tornar motivo de conflito.
Planejem tudo juntos. Certifiquem-se de que as prioridades estão sendo cumpridas, quais as consequências de mudar os planos e estabeleçam as metas de curto e longo prazo. Atuem como uma dupla que tem objetivos comuns e determinação para alcançá-los.
Estas pequenas ações garantirão uma perspectiva de futuro e serão muito mais importantes do que um buquê de rosas ou um anel de diamantes (não excludentes, é claro!).

Dia do Orgulho Autista: 18 de junho

Nesta segunda-feira, 18 de junho, se comemora o Dia do Orgulho Autista. As Secretarias Municipais dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SMDPD) e da Assistência e Desenvolvimento Social (Semads) reforçam a importância de conhecer a condição de pessoas com autismo.
O objetivo é desconstruir a visão de doença relacionada ao transtorno, e entender que pessoas com essa condição possuem algumas características próprias que lhes trazem desafios e recompensas únicas.

10 de mar de 2018

Érico Rocha: como fazer 100 mil em 7 dias

Eu já joguei muito truco na minha vida.

Mas muito mesmo…

E eu não sei se você joga ou já jogou truco alguma vez na vida, mas o truco funciona mais ou menos assim*:
[*eu só fui saber que existia diferença no truco na faculdade - e de uma maneira nada bonita.
então, só pra deixar claro, o truco que sempre joguei é o de manilha fixa e é dele que vou falar aqui].

O truco é um jogo de cartas de baralho, cujo objetivo é fazer 2 jogos com 12 pontos.

Muito tradicionalmente jogado em corredores de faculdade…

...botecos com mesa de plástico…
...e casas de praia (quando chove).

A versão mais tradicional envolve 4 jogadores, divididos em duas equipes de dois jogadores, que sentam um em frente ao outro.

No início da rodada, cada jogador recebe 3 cartas.

E, no sentido horário, cada um deve lançar à mesa uma das cartas que tem em mãos.
O objetivo do jogador seguinte é de "cobrir" aquela carta, ou seja, lançar à mesa uma carta de maior valor,
até que se termine a rodada com objetivo de vencê-la.

A sacada é que, a cada jogada, os participantes podem subir a aposta,
pedindo "seis", "nove" ou "doze"**.
(**esses números equivalem à pontuação da rodada. Se a dupla adversária aceitar a aposta e perder, a dupla que aumentou a aposta leva os pontos pedidos).

Além disso, o blefe é talvez o recurso mais utilizado no truco, e consiste em:
fingir que tem um carta que não se tem.

Mas talvez você esteja se perguntando: por que alguém faria isso?
Porque a carta mais alta do jogo é o 4 de paus.

Que é essa carta daqui:

E a carta mais alta do truco tem o nome de ZAP.

E às vezes você sai com essa carta na mão, às vezes não.

Quando você não sai com essa carta, ou quando a sua dupla não sai com essa carta, o jeito é apelas para o blefe, especialmente se você sente que a dupla adversária ter cartas maiores que a sua ou da sua dupla.

Agora, quando você sai com o 4 de paus....
Você é INDESTRUTÍVEL.

Se você joga ou já jogou truco, você sabe do que eu estou falando.
E você sente isso…
...você sente que é indestrutível.
[e geralmente é a hora que as apostas aumentam…
os gritos aumentam….
os xingamentos aumentam….]

Agora, por que eu tô te falando tudo isso?

Porque imagina se você pudesse sempre, em qualquer jogo, em qualquer jogada, sair com o zap na mão.

Imagina se você tivesse, sempre, a certeza de que não tem como perder nenhum jogo.

E o fato é o seguinte, eu gosto de usar esse exemplo do truco porque há 7 anos eu sou empreendedor.
E durante um certo tempo, a minha sensação em relação ao resultado dos meus negócios é a mesma de jogar truco sem nunca sair com o zap na mão.

Eu não me sentia indestrutível….
Porque eu não conseguia ganhar….

Só que um dia, mais precisamente no dia 23 de março de 2010, eu saí com o zap na mão.

E fiz o meu negócio faturar R$ 100 mil em 7 dias.

Como assim? - você vai me perguntar.
E eu te explico.

Nesse dia, eu percebi que tinha o zap na mão porque me dei conta que tinha descoberto uma técnica, que eu podia replicar quantas vezes eu quisesse, que era capaz de gerar esse resultado para mim.

Só que não é só isso.

Porque talvez, de alguma maneira, você esteja duvidando que isso é possível, ou que isso aconteceu de verdade.

Mas isso não aconteceu só comigo…

Eu ajudei dezenas (e depois centenas) de empreendedores a atingirem esse resultado***…
[***e mais adiante neste e-mail eu te conto como você pode conhecer esses estudos de caso].

Depois, eu apertei a mão e convidei para subir ao palco da Fórmula de Lançamento ao Vivo outras centenas de empreendedores****.
[****todo ano, uma vez por ano, eu realizo uma premiação para reconhecer os empreendedores que atingiram a marca de faturamento de, no mínimo, R$ 100 mil em 7 ou 30 dias. são todos esses empreendedores que estão em cima do palco, nas duas fotos].

Dá só uma olhada:

Isso foi em 2017:

Isso foi em 2016:

E o fato é o seguinte:

ESSA TÉCNICA É O ZAP DO MARKETING DIGITAL.

PONTO.

FINAL.

Essa técnica é o que eu usei no dia 23 de março de 2010 para fazer o meu negócio sair de R$ 4 mil em vendas em 6 meses para R$ 100 mil em 7 dias.

É o que pode fazer você fazer R$ 100 mil em 7 dias…

É o que fez todas aquelas pessoas que mencionei ali em cima faturarem mais de R$ 100 mil em 7 dias.

Essa técnica é o quatro de paus para quem busca resultado na hora de vender pela internet.

E a essência dessa técnica, o passo a passo dela, eu resumi em 1 hora de Masterclass (a segunda de uma série de 3 aulas que dei em janeiro deste ano, com o tema: como fazer seus primeiros R$ 100 mil em 7 dias).

Essas Masterclasses são uma série introdutória à Fórmula de Lançamento, um programa completo de mais de 30 horas de aula sobre como usar a internet para alavancar as vendas do seu negócio atual ou criar um negócio digital do absoluto zero.

Ou….

Como eu gosto de chamar….

É o ZAP do marketing digital.

E normalmente eu abro as inscrições para a Fórmula de LAnçamento apenas 2 vezes por ano (mais ou menos), mas eu já recebi centenas de pedidos para uma nova turma, por isso decidi que não queria deixar essas pessoas esperando.

Clicando no link abaixo você pode fazer a sua pré-inscrição e, na segunda-feira, às 8h da manhã, eu te mando um e-mail com o link de matrícula.

Só que todo mundo que fizer a pré-inscrição vai ter acesso às 3 masterclasses completas, onde eu destrincho todo o método para se fazer R$ 100 mil em 7 dias, com convidados que aplicaram essa técnica e tiveram esses resultados em seus negócios (os tais estudos de caso que mencionei ali em cima neste e-mail) e ainda uma sessão final de perguntas e respostas com a plateia.

Para ver a masterclass e fazer sua pré-inscrição sem custo algum, basta clicar no link abaixo:


Seja ousado, faça acontecer,

Abraço,
Erico

8 de mar de 2018

Bazar de produtos novos e preços baratos ajuda hospital

De 6 a 9 de março, o Salão do Fundo Social de Solidariedade (FUSS) de Rubião Júnior receberá o 1º Bazar HC, com produtos novos, nacionais e importados a preços imperdíveis!
O pagamento pode ser feito somente com cartão (crédito e débito) e os valores arrecadados serão revertidos para o Hospital, inclusive para o Ilumina HC!
 
Atenção para os dias e horários:
 
- 6 e 7 de março, das 12h às 21h: aberto apenas para os funcionários do Complexo HC (de todos os vínculos), Famesp e alunos / funcionários da FMB! É necessária a apresentação do crachá!
- 8 e 9 de março, das 9h às 21h: aberto a toda a comunidade!

Vereadores sugerem “lista de espera” pública para vagas em creches

Mais transparência. É isso que os vereadores Rose Ielo e Carlos Trigo (PDT) querem em relação à lista de espera das creches municipais. Em requerimento aprovado na sessão de 26/02, os vereadores argumentam que o número de vagas disponíveis nas creches é menor que a demanda existente e que uma lista pública permitirá que, de maneira simples e fácil, todos possam acompanhar de forma imediata qualquer movimentação na creche de seu interesse.
“Temos informação de que algumas crianças permanecem por até um ano na ‘lista de espera’, e, enquanto aguardam serem chamadas, as mães não podem trabalhar fora. A lista já existe. O que estamos pedindo é que seja tornada pública”, explica a vereadora Rose Ielo.
A sugestão é que cada creche municipal divulgue uma relação com o nome da criança que precisa da vaga (ou de seu responsável) e sua respectiva posição na lista de espera. Para mais transparência, os vereadores sugerem que a lista seja disponibilizada on-line nas páginas principais do site da Prefeitura e do site Educatu.
O requerimento foi aprovado pela unanimidade dos vereadores e encaminhado ao secretário municipal de Educação, Valdir Gonzalez Paixão.

Sargento Laudo solicita construção de novo lote de casas do programa “Vila Dignidade”  
Com base nos resultados positivos das 16 moradias em funcionamento no município desde 2015, o vereador Sargento Laudo (PP) encaminhou requerimento ao prefeito Mário Pardini solicitando que ele viabilize a construção de um novo lote de moradias pelo programa “Vila Dignidade”.
O programa, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, é voltado à construção de moradias, em pequenas vilas, destinadas ao atendimento de idosos, principalmente aqueles em estado de vulnerabilidade social. As casas são projetadas de acordo com rigorosos parâmetros de acessibilidade e contam com itens de segurança como barras de apoio, sanitários em altura adequada, portas e corredores mais largos e pisos antiderrapantes, podendo ser utilizadas por qualquer indivíduo, inclusive com dificuldade de locomoção.
“Temos em nossa cidade um grande número de idosos com baixa renda que se enquadra nos critérios do Programa. Esperamos que o prefeito celebre um novo convênio com o governo do estado de forma a conquistar novas moradias para nossos munícipes”, defende o vereador.

Alessandra Lucchesi propõe atualização nos salários dos estagiários da Prefeitura
Os estagiários da Prefeitura de Botucatu ganharam um apoio importante esta semana: em requerimento aprovado por unanimidade na sessão de 26/02, a  vereadora Alessandra Lucchesi (PSDB) solicita que o prefeito Mário Pardini e o secretário de Governo, Fábio Leite, estudem a possibilidade de renegociar e atualizar os valores contratuais repassados aos estagiários da Prefeitura.
“O estágio é um período de prática profissional valoroso tanto para os estudantes como para a Prefeitura. Estou pedindo para que se faça um estudo para tentarmos ao menos atualizar os valores repassados, que há mais de quatro anos não têm nenhum tipo de ajuste. Desta forma garantiremos a continuidade do convênio e demonstraremos o reconhecimento ao importante trabalho desenvolvido por nossos estagiários”, defende a primeira secretária da Câmara.
Outros argumentos apresentados pela vereadora são a burocracia para a contratação de estagiários, a dificuldade enfrentada para que este permaneça desenvolvendo sua atividade, os aumentos significativos nas mensalidades escolares (sobretudo nos últimos dois anos) e a obrigatoriedade de realização de estágio para a conclusão de diversos cursos.
Em Botucatu, o estágio é desenvolvido por estudantes do ensino médio e superior em empresas ou instituições e tem a finalidade de complementar a aprendizagem dos conteúdos obtidos em sala de aula pela vivência no ambiente de trabalho.

Cula pede recapeamento em rua do Jardim Botucatu
Preocupado com a segurança e a tendendo à solicitação de munícipes, o vereador Cula (PSC) apresentou solicitação para que o secretário municipal de Infraestrutura, André Luiz Peres, faça o recapeamento asfáltico da Rua Silvio Trevisani, localizada no Jardim Botucatu, Distrito de Rubião Júnior.
Segundo os moradores, a via está esburacada e necessitando de manutenção. “É uma situação que precisa ser resolvida o quanto antes, porque além de poder ocasionar acidentes com pedestres e motoristas, o mau estado da rua também tem causado danos aos veículos que trafegam por ali diariamente”, comenta o vereador.
O requerimento foi aprovado por unanimidade na sessão de 26/02.

Abelardo solicita retirada de escada construída em calçada no centro
Uma calçada na principal rua da cidade, na qual foi construída até uma escada,  é o alvo do requerimento 96/2018, do vereador Abelardo [PMDB].
O problema está acontecendo na Rua Amando de Barros, próximo ao número 1939. Segundo o vereador, a calçada está completamente fora dos padrões e os moradores construíram até uma escada.
“Estamos falando de uma região central da cidade, onde muitos pedestres transitam todos os dias. Inclusive uma senhora se acidentou no local e fraturou a clavícula!”, relata o vereador.
A solicitação, aprovada por unanimidade na sessão de 26/02, é que o secretário municipal de Infraestrutura, André Luiz Peres, notifique o proprietário do imóvel para que ele faça a retirada da escada ali existente e a adequação da calçada.

Paulo Renato e Izaias Colino lutam por mais viaturas para a Guarda
Empenhados em colaborar para que Botucatu continue mantendo o título de um dos municípios mais seguros do estado de São Paulo, os vereadores Paulo Renato (PSC) e Izaias Colino (PSDB) assinam juntos matéria pleiteando recursos para três novas viaturas para a Guarda Municipal (GCM).
“Nossa cidade tem uma classificação muito boa nos índices de combate à criminalidade e esse mérito só é possível tendo em vista a ampla participação da Guarda nas ações de segurança do município. Para continuar desempenhando esse trabalho de excelência precisamos, com urgência, de novas viaturas para ampliar o patrulhamento em regiões mais necessitadas”, argumenta Paulo Renato.
O requerimento, aprovado por unanimidade na sessão de 26/02, é dirigido ao deputado estadual Fernando Cury e pede que, mediante emendas parlamentares, ele destine ao município recursos para a aquisição das novas viaturas.

Zé Fernandes retoma solicitação para nova creche na Vila Aparecida
O vereador Zé Fernandes (PSDB) quer saber como andam os estudos para a possível construção de uma nova creche municipal na Vila Aparecida. A solicitação não vem de hoje e pretende atender à demanda reprimida da região, já que, segundo ele, muitos pais que residem nas proximidades não conseguem vaga para seus filhos na creche do bairro.
“Em outubro de 2017 eu solicitei uma nova creche ali na Vila Aparecida. Em resposta, a Secretaria Municipal de Educação informou que tinha visitado o local e verificado que existiam duas possíveis áreas para a construção da creche, mas que a escolha do local mais adequado competia aos engenheiros responsáveis pelas obras da Secretaria”, explica o vereador.
As áreas apontadas então foram um terreno na Rua dos Costas e uma área contígua à EMEF João Maria. “Como não houve mais informações sobre a escolha da área eu apresentei esse requerimento, para saber qual o andamento do processo agora”, completa.
O requerimento foi encaminhado ao secretário municipal de Educação, Valdir Paixão, ao presidente da Fundação de Desenvolvimento da Educação, João Cury Neto, e ao deputado estadual Fernando Cury.

Carlos Trigo sugere terminal de ônibus ‘top’ em Botucatu
O vereador Carlos Trigo continua preocupado em apresentar propostas para melhorar a vida do usuário de transporte coletivo em Botucatu. Na sessão de 26/02 ele apresentou uma ideia ousada: que o prefeito Mário Pardini estude a possibilidade de construir, na região central da cidade, um terminal de ônibus para uso exclusivo do transporte coletivo municipal.
A sugestão é que a área do Centro Comercial Popular "Ângelo Garrido Fernandez" (Camelódromo) seja adequada para servir a este propósito, tornando-se um terminal amplo, com ambiente climatizado, dotado de cobertura, assentos, wi-fi gratuito, lixeiras e tomadas disponíveis para serem utilizadas pelos usuários.
Além do conforto, no entanto, a sugestão tem uma causa maior: “Temos que lutar para melhorar a qualidade do serviço de transporte coletivo oferecido em nossa cidade. Hoje sofremos com os constantes atrasos em várias linhas, decorrentes de quebra de ônibus, congestionamentos e itinerários muito extensos”, argumenta. Segundo ele, dependendo da linha, quando isso acontece o motorista não consegue “compensar” o atraso em razão do tempo escasso, e tem que continuar o trajeto passando atrasado em todos os pontos ou “pular volta para tentar readequar o horário”.
Para o vereador, a construção do terminal numa região central da cidade proporciona pode ajudar em muito, pois simplifica a logística, já que num mesmo local haverá a concentração de veículos que partem para as mais distintas regiões do município o que poderá, inclusive, encurtar os trajetos.
Para financiar e viabilizar as adequações necessárias o vereador propõe que seja utilizado o próprio fundo do transporte coletivo municipal, constituído com o valor da outorga paga pelas empresas concessionárias à Prefeitura.

Carreira cobra melhorias nas proximidades da rotatória de acesso ao Rio Bonito
Sempre atento às questões que afetam a região do Rio Bonito, na sessão de 26/02 o vereador Carreira (PSB) apresentou requerimento solicitando manutenção e nivelamento da pista próxima à rotatória de acesso ao bairro, na Rodovia Geraldo Pereira de Barros (SP-191).
Além de dar acesso ao Loteamento Alvorada da Barra Bonita em Terras de Botucatu, Vila Real de Barra Bonita e ao Rio Bonito Campo e Náutica, a bastante movimentada rodovia interliga diversos municípios do interior do estado. “Mas a pista está desnivelada e com muitos buracos e precisa receber um cuidado especial, tanto para o conforto quanto para a segurança dos inúmeros motoristas que por ali circulam”, explica o vereador.
O alvo da solicitação é o trecho que fica entre a Rodovia Alcides Soares e a Geraldo Pereira de Barros. “É uma pista simples e o intenso fluxo de veículos, aliado ao fato de que alguns transitam com excesso de velocidade, acaba agravando a situação”, completa.
O requerimento, aprovado pela unanimidade dos vereadores, foi encaminhado ao secretário de Logística e Transportes do estado de São Paulo, Laurence Casagrande Lourenço, e ao diretor da Divisão Regional DR-03 (Bauru) do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Denis Paulo Nogueira Lima.