6 de dez de 2017

Cartas para o Papai Noel em Botucatu, Bauru, Avaré e São Manuel ainda estão sem padrinhos

No mês de dezembro a Campanha Papai Noel dos Correios contará com um reforço de peso: a presença do Papai Noel! O bom velhinho quer incentivar a adoção das cartinhas e para isso estará na Agência dos Correios Central de Bauru nesta quinta-feira (7), das 14h às 17h. Ele também receberá os visitantes nos dias 12 e 14 de dezembro no mesmo horário.
Nem a metade das cartas enviadas a Papai Noel para os Correios foi adotada para que as crianças recebam seus presentes.
Em Bauru, até o momento, foram recebidas 5.700 cartinhas, sendo 3.400 delas adotadas. Esse número já é superior a 2016, que selecionou 4.900 cartinhas, das quais 4.100 foram adotadas.
Os Correios informaram ao site Agência14News como está a situação em algumas cidades da região.
Até o momento, nesta terça-feira (05), Botucatu já recebeu 151 cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios, das quais 85 foram adotadas.
Avaré já recebeu 460 cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios, das quais 124 foram adotadas.
São Manuel tem aproximadamente 400 cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios, das quais 100 foram adotadas.
Os padrinhos – que ajudam a realizar o sonho das crianças participantes da Campanha – poderão adotar as cartas e entregar os presentes nas agências dos Correios até o dia 15 de dezembro.
O objetivo principal da Campanha é responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.
Os presentes são recebidos nos pontos divulgados pelos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.
Mais informações sobre o Papai Noel dos Correios 2017 podem ser obtidas no hotsite http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios.
 
Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news
(do Agência14News com Correios)

Consumidor prefere “conversar com robôs” na hora de renegociar dívidas

Em Conta desta segunda-feira (04) analisa a pesquisa divulgada pelo Instituto GEOG, que reúne 16 das principais empresas de cobrança do Brasil. Tem a ver com o funcionamento dos canais digitais e dos Portais de Autonegociação, envolvendo não só o telefone sem atendente humano, quanto e-mail, mensagens, Whatsapp, Facebook e outros canais com a participação de agente virtual (robô) no lugar do atendende humano.
O diretor do Instituto GEOC, Jefferson Frauches Viana, detalha em entrevista ao programa os principais pontos da pesquisa inclusive os dois pontos referente à aceitação do sistema virtual na hora da renegociação da dívida atrasada. Pelo lado positivo, as pessoas dizem que acham bom ter um canal que possa ser usado a qualquer hora, principalmente à noite ou no fim de semana, ou seja, longe do trabalho. Mas também fazem sugestões. “As pessoas pedem mais opções como, por exemplo, a quantidade de vezes em que podem parcelar. E por isso mesmo a gente tem a preocupação com a linguagem virtual, para que ela seja acessível a todos, tanto que até o sotaque regional é respeitado na hora em que programamos os agentes virtuais”,  diz o diretor do GEOC.
Ouça a entrevista na íntegra:

O Em Conta– a economia que você entende - vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir de 13h (horário de Brasília) na Rádio Nacional da Amazônia. A produção é de Cleide de Oliveira. A edição e apresentação é de Eduardo Mamcasz.
Participe através do nosso e-mail: emconta@ebc.com.br

Atividades culturais de 9 a 15 de dezembro em Avaré

A Secretaria Municipal de Cultura, dando sequência a uma ampla grade de eventos que preenchem a maioria dos segmentos culturais completa a agenda semanal, para que a população se entretenha através das manifestações culturais.

Continua até o dia 29 – Mostra “Centenário de John F. Kennedy”. Das 8h às 12h e das 13h às 17h – Museu Histórico Anita Ferreira De Maria.
Continua até o dia 30 – Exposição “Salão do Humor” - Poupatempo – Exposição de Caricaturas e Charges de artistas avareenses, numa divertida retrospectiva das edições do Salão do Humor de Avaré.
Continua até o dia 30 – Exposição Caricaturas do Artista Plástico e Cartunista Xavier - Das 8h às 17h – Sala Herculano Pires – Biblioteca Municipal Prof. Francisco Rodrigues dos Santos. Uma mostra do trabalho deste renomado artista.
Continua até o dia 30 – Exposição de Fotos Antigas “Avaré 156 Anos”- Saguão Paço Municipal – Das 8h às 17h – Levando uma bela mostra de imagens da história da EMAPA – Exposição Municipal Agropecuária de Avaré.
Continua até o dia 30 – Exposição “Consciência Negra” Flávio de Oliveira – Das 8h às 17h Centro Cultural Esther Pires Novaes. Flávio de Oliveira grande ativista das causas raciais, desenhista e cartunista de Avaré, leva a mostra de parte de seu rico acervo de personagens caricatos.
No dia 9 – Batalha da Concha; Duelo de Mc's – Das 17h às 22h – Concha Acústica – parceria com os organizadores da Batalha da Concha, competição nas quais mestres de cerimônia (MCs) fazem um duelo de rimas na praça situada no centro da cidade.
Nos dias 9 e 10 – Projeto Viva o Largo São João – Das 19h30 às 22h – Largo São João
Nos dias 11 a 15 – Rematrículas das Oficinas Culturais.
No dia 11 – Apresentação de Encerramento da Oficina de Moda, Manequim e Comportamento, às 19h – Centro Cultural Esther Pires Novaes – Na ocasião também serão apresentados os primeiros formandos do curso.
No dia 12 – Apresentação de Encerramento da Oficina de Violão, Teclado e Coral, às 19h – Centro Cultural Esther Pires Novaes – Na ocasião também serão apresentados os formandos do curso.
No dia 14 – Apresentação de Encerramento da Oficina de Dança, às 19h - Centro Cultural Esther Pires Novaes – Na ocasião também serão apresentados os primeiros do curso.

Motorista profissional poderá fazer o curso de reciclagem preventivo

Agora o motorista profissional poderá fazer o curso de reciclagem preventivo se atingir 14 pontos, confira mais informações: https://goo.gl/pQzWC3


7 Atitudes das Pessoas que Vivem em Alta Performance com Erico Rocha

Nessa semana está acontecendo a High Stakes Week, que é um evento de 7 dias de alta performance...

E o fato é que a segunda aula deste evento acaba de entrar no ar...

Nela você vai aprender quais são os 7 atitudes que diferenciam um profissional que vive em alta performance de um profissional amador:


[Aula 2] 7 Atitudes das Pessoas que Vivem de Alta Performance.

UNG promove debate entre presidenciáveis do Corinthians

O Timão Universitário, programa de rádio, que pertence à Universidade UNIVERITAS/UNG, sai na frente e comanda o primeiro debate dos presidenciáveis do Corinthians. Em edições anteriores do programa, os oposicionistas Antônio Roque Citadini, Romeu Tuma Júnior, Felipe Ezabella e o situacionista Andrés Sanchez concederam entrevista, individualmente, e tiveram tempo para apresentar seus programas e tirar dúvidas dos jornalistas e ouvintes da rádio. Agora, os candidatos terão a oportunidade de confrontar suas ideias cara a cara, no Anfiteatro F da Instituição, (campus Centro), na próxima segunda-feira (11). A eleição está marcada para o dia 3 de fevereiro de 2018.
O debate terá a mediação e apresentação de Vitor Guedes, e a participação dos jornalistas, convidados, Marco Bello (Rádio Transamérica), André Ranieri (Rádio Jovem Pan), Rodrigo Vessoni (Portal Meu Timão) e Deyvid Xavier (aluno e integrante da equipe do Timão Universitário). Os debates acontecerão das 20h às 22h, com transmissão pela Rádio Coringão e pelas redes sociais do Timão Universitário e do portal Leia Já.
De acordo com o responsável pelo Timão Universitário e professor do curso de Jornalismo da Universidade UNIVERITAS/UNG, Vitor Guedes, o programa é um canal direto entre torcedores e clube, além de uma boa ocasião para se conhecer um pouco mais sobre os concorrentes."Será uma ótima oportunidade para os sócios Corinthianos conhecerem os candidatos e para os fãs de jornalismo terem contato com um programa universitário premiado e já consolidado na grade de uma web rádio. Será uma responsabilidade e um prazer mediar o debate", afirmou.
Já para a coordenadora do curso de Jornalismo, Flavia Delgado, "dos gêneros jornalísticos, o debate é o mais democrático e ao mesmo tempo desafiador de se participar e organizar. Nosso debate será oportunidade única para se aprender mais sobre o Jornalismo Esportivo, além de consolidar a audiência do programa Timão Universitário, um dos projetos carro-chefe do nosso curso", reforçou a professora.
Para participar e assistir basta se inscrever, gratuitamente pelo link:  www.leiaja.me/debate.
Sobre o Timão Universitário:
O Timão Universitário é uma parceria entre a Universidade UNIVERITAS/UNG e a Rádio Coringão. Idealizado e apresentado pelo jornalista e professor Vitor Guedes, é produzido semanalmente por alunos do curso de Jornalismo. Vencedor do Prêmio Expocom Sudeste 2017 (mais relevante premiação acadêmica do país), na categoria Produção Laboratorial em Radiojornalismo e Audiojornalismo, é apresentado, ao vivo, todas as segundas-feiras, das 13h às 14h, na página do Timão Universitário e na Rádio Coringão.
 
Serviço:
Timão Universitário - Especial Debate Presidenciáveis
Inscrição gratuita: www.leiaja.me/debate
Data: 11 de dezembro
Horário: 20h
Local: Campus Centro - Anfiteatro F - UNG
Endereço: Praça Tereza Cristina, 88 - Centro - Guarulhos

5 de dez de 2017

Skinheads e o assassinato no Theatro Municipal

Assassinato em pleno Teatro Municipal em São Paulo. Motivo – Discriminação racial? Drogas? Passional?
Na magnetizante trama policial O Lado Escuro da Madrugada, o paulistano Roberto Giacundino narra a morte de um publicitário durante uma premiação e a busca incessante de uma jornalista pela verdade.
Entre uma punhalada de adaga e uma investigação perigosa, a obra aborda crimes de ódio, agressão dentro de casa, maus tratos, bullying, uso de drogas ilícitas, e descreve com maestria o universo da alta sociedade jornalística.
Sandra, mesmo atormentada pelo seu passado culposo, vivia para buscar o melhor das notícias. Querendo a veracidade e com voracidade mergulha em uma investigação para descobrir quem poderia ter assassinado o amigo publicitário.
Até o momento era apenas um crime, a não ser pelo fato que em poucos dias uma série de mortes sucedem o primeiro acontecimento e os envolve em uma rede de mistérios.
Sandra Garcia, a excepcional jornalista de guerra; Simão Jordel, irmão da vítima; Fábio Guedes, parceiro de emissora; e Henrique Diolli, um jovem e competente hacker, entram em uma intensa busca pelo verdadeiro assassino de Evandro Jordel. Porém, os detetives aventureiros nem imaginam onde a trama os irá levar e que o passado voltará para assombrar.
O evento havia terminado de forma trágica, e o misterioso caso do Teatro Municipal começa para atormentar e instigar os leitores.

O Lado Escuro da Madrugada
Edição: 1ª
Editora: Pandorga
ISBN: 9788584422050
Ano: 2017
Páginas: 272

SOBRE O AUTOR: Roberto Giacundino descobriu desde criança o gosto pela leitura e o prazer de criar e escrever suas próprias histórias. Aos dezesseis anos passou a colaborar para pequenos jornais e periódicos de São Paulo, atuando como colunista de literatura e redigindo reportagens sobre assuntos locais. Formado em Gestão de Recursos Humanos e com MBA em Gestão da Qualidade e Produtividade, ocupou diversos cargos de liderança ao longo da carreira. É natural de São Paulo, cidade que serviu de cenário para “O lado escuro da madrugada”, seu romance de estreia. Mora com a esposa e seus dois cachorros, Marley e Scooby.

27 de nov de 2017

Prefeitura de Botucatu é a primeira a aderir aplicativo de compartilhamento de caronas no país

Ir e voltar do trabalho está ficando cada vez mais demorado em Botucatu, graças ao crescimento contínuo da frota de veículos da Cidade. Uma das soluções rápidas e simples para diminuir o trânsito é o compartilhamento da carona. Pessoas que moram próximas umas as outras e trabalham em uma mesma empresa, podem dividir as despesas através de caronas.

Buscando facilitar e garantir a segurança, a Prefeitura de Botucatu, por meio das Secretarias Municipais de Mobilidade Urbana e do Verde, firmou uma parceria com a empresa ZUMPY, especializada em caronas, para oferecer um aplicativo de serviço na Cidade.

“O compartilhamento de veículos é uma ferramenta importante para auxiliar na diminuição do trânsito. Além de reduzir o número de carros nas vias e contribuir com a mobilidade urbana, as caronas solidárias também contribuem com a qualidade do ar por meio da diminuição da emissão de CO2, reforçando o slogan de Botucatu: ‘cidade dos bons ares’”, ressalta Fernanda Bernardi, diretora do Departamento de Educação Ambiental da Secretaria do Verde.

O ZUMPY proporciona o compartilhamento de viagens e fornece aos usuários os dados comparativos caso o deslocamento fosse com táxi ou apenas com um usuário no veículo. Além disso, indica a quantidade de gases poluentes que o usuário deixou de emitir.

Outra vantagem é a criação de grupos específicos. É possível procurar ou oferecer caronas apenas para pessoas que estudem ou trabalhem na mesma empresa, o que garante mais segurança ao usuário. O aplicativo e todo o sistema operacional serão implantados sem custo para a Prefeitura, empresas e instituições que aderirem ao projeto.

“Nós somos a primeira prefeitura do Brasil a implantar um aplicativo de caronas. Nossa intenção é, a curto prazo, melhorar o trânsito. Já está confirmada a participação da Faculdade de Tecnologia (FATEC) como a primeira instituição parceira e estamos em contato com outras universidades e faculdades, além de grandes empresas e colégios, para que assim possamos ter o maior número possível de usuários conectados compartilhando as caronas”, afirma Rodrigo Fumis, Secretário Adjunto de Mobilidade Urbana.

O aplicativo é gratuito e pode ser baixado em sistemas Android e iOS.


Quem quiser conhecer o ZUMPY pode acessar http://www.zumpy.com.br/. As empresas e instituições interessadas em participar devem enviar um e-mail solicitando informações: mobilidade@botucatu.sp.gov.br

23 de nov de 2017

Livro: Um retrato de Rousseau ao fim da vida

Obra do final do século XVIII apresenta um testamento do filósofo suíço sobre a natureza do homem e de si próprio, que já se encontrava no fim da vida quando o escreveu
Um dos mais populares filósofos Iluministas, Jean-Jacques Rousseau, teórico político e escritor suíço, propagava que a liberdade era o valor supremo do homem. Antirracionalista e crítico da civilização, seus pensamentos influenciaram as ideias da Revolução Francesa.
Autor de prestigiadas obras filosóficas, Rousseau apresenta em Devaneios do Caminho Solitário, seu testamento sobre a natureza do homem e de si próprio. Escrito nos últimos anos de sua vida, entre 1776 e 1778, o livro demonstra um misto de ensaios sobre temas existenciais, como a verdade e a felicidade.
A Edipro, editora especializada em obras clássicas, traz uma nova edição de Devaneios do Caminho Solitário, que foi publicada postumamente em 1782. Esse grande testamento inacabado é considerado pelo próprio Rousseau como a conclusão de sua obra. Os devaneios são relatos do filósofo que apresentam suas ponderações sobre a natureza do homem, sua individualidade e conduta.
Considerado um misto de diário e ensaio filosófico, a obra é dividida em dez caminhadas meditativas do autor. Em cada passeio um tema é abordado, da mentira à felicidade, passando pela solidão e hipocrisia, entre outras experiências fundamentais da existência humana. Rousseauainda recorda a sua vida, buscando justificar suas ações, defender-se dos críticos e reafirmar a sua filosofia.
Devaneios do Caminho Solitário é leitura fundamental para quem deseja se aprofundar nas obras de Rousseau e para todos os admiradores deste grande filósofo.

Ficha técnica:
Editora: Edipro
Gênero: Filosofia
Preço: R$ 34,90
ISBN: 9788552100065
Edição: 1ª edição, 2017
Tamanho: 21x14
Número de páginas: 128

Sobre o autor: Jean-Jacques Rousseau nasceu em Genebra no ano de 1712, em uma situação trágica: sua mãe morre ao lhe dar à luz. Na mesma cidade, muitos anos depois, começou a trabalhar como empregado do notário, converteu-se ao catolicismo e fugiu para Turim. Em 1744, instalou-se em Paris, onde passou a escrever óperas – situação que o pôs em contato com os mais influentes intelectuais de sua época. Rousseau, então, conheceu Voltaire, que o detestou, e Diderot, que o contratou como colaborador da Enciclopédia. Tornou-se famoso pela participação em um concurso, que culminou na publicação do ensaio conhecido sob o título abreviado de Discurso sobre o desenvolvimento das ciências e das artes, rendendo-lhe também o primeiro prêmio da Academia de Dijon, em 1750. A obra em questão se referia à restauração das ciências e das artes como forma de purificar a moral. Nessa época, já com trinta e oito anos, Rousseau experimentou a fama e se propôs a escrever sobre as instituições políticas. Em 1762, escreveu O Contrato Social, mas em razão das ideias radicais abordadas pela obra, teve de se refugiar durante alguns anos na Inglaterra, onde conheceu e conviveu com o filósofo e historiador britânico David Hume – considerado um dos mais importantes escritores da língua inglesa. Regressando à França, dedicou seus últimos anos a sua autobiografia, intitulada Confissões. Morreu em 1778, em Ermenonville, uma comuna francesa na região administrativa da Picardia. Na filosofia política, Rousseau considerava a democracia como um governo para os deuses e não para os homens, embora como iluminista tenha influenciado enormemente para que a democracia prevalecesse como forma de governo. Quanto à escravidão, ele não admitiu seu caráter natural, muito menos que ela correspondia à razão ou à moralidade, afirmando que: “Visto que nenhum homem tem qualquer autoridade natural sobre seu semelhante e visto que a força não produz direito algum, restam, então, as convenções como base para toda autoridade legítima entre os seres humanos”.

Projeto da Unesp leva informação a escolas sobre doenças de animais e posse responsável

O Projeto de Educação em Saúde “Participação do Médico Veterinário no Controle de Zoonoses'', desenvolvido pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, câmpus de Botucatu, está prestes a concluir mais um ano de atividades bem sucedidas no município.

Criado em 1994, o projeto de extensão envolve alunos do quarto ano de graduação em Medicina Veterinária que cursam a disciplina de “Zoonoses” (um bolsista da Pró-Reitoria de Extensão e nove voluntários), pós-granduandos, estagiários e residentes da área de Zoonoses e Saúde Pública do Programa de Residência Multiprofissional na área de Saúde.

Sob a coordenação do professor Hélio Langoni, a equipe do projeto leva até as escolas de ensino fundamental e médio de Botucatu, informações sobre as zoonoses (doenças comuns aos humanos e animais) mais frequentes, como Leptospirose, Leishmanioses, Toxoplasmose, Raiva, Brucelose e Tuberculose. O projeto também transmite aos estudantes do ensino médio noções sobre posse responsável, tudo em consonância com o conceito de One Health (saúde única) que busca integração entre saúde humana, saúde animal, ambiente e políticas públicas. Em edições anteriores, o projeto chegou a ser apresentado em municípios vizinhos como Pardinho, São Manuel e Bauru.

Em 2017 foram visitadas as escolas Dom Lúcio Antunes de Souza, Cevila, E. E. Cardoso de Almeida, Pedretti Neto e Francisco Guedelha, num total de 60 salas de aula, atendendo cerca de dois mil alunos de ensino fundamental e médio. Nesse ano, o projeto atendeu salas de aula nos períodos vespertino e noturno.
Leonardo Sauer já participou em edições anteriores do projeto como estagiário e agora como residente. “Os alunos das escolas muitas vezes ainda não tiveram contato com as informações que levamos a eles. Eles são bastante curiosos, perguntam bastante e conseguimos desenvolver um trabalho muito interessante, sempre conversando e trocando experiências”.

O residente também destaca o benefício da participação no projeto para a formação dos universitários. “É uma oportunidade incrível para nós da universidade, sejam residentes ou os graduandos, nos envolvermos com o aspecto de educação em saúde. O crescimento dos universitários é muito grande. Eles perdem a timidez, desenvolvem mais habilidades de se expressar em público, além de precisarem estudar bastante os temas que serão abordados”.

Após tantos anos na coordenação do projeto, o professor Hélio Langoni não tem dúvidas sobre seus benefícios. “Para os estudantes que assistem as palestras é um conteúdo novo e estimulante que traz amadurecimento e mudanças de comportamento . Já os universitários, de maneira geral, se entusiasmam muito com o projeto. Eles contribuem com a sociedade, treinam o que aprenderam em sala de aula, sempre com o monitoramento da equipe do projeto ”.

O professor Hélio também destacou a importância do trabalho voluntário para os universitários. “O voluntariado é muito desejável na formação do profissional, sendo inclusive valorizado nas disputas por vagas de emprego. É uma oportunidade para quem está na universidade desenvolver uma atividade de grande importância social”.

Parque Imperial
Como um desdobramento do Projeto de Educação em Saúde, a equipe coordenada pelo professor Hélio Langoni desenvolveu, pelo segundo ano consecutivo, atividades com as crianças de um projetos sócio-educativo no Parque Imperial. Essa iniciativa aborda temas relacionados a hábitos de higiene, prevenção de zoonoses e outras doenças.
As atividades nos projetos sociais são consideradas gratificantes pelos universitários que participam. “É uma oportunidade para nossos alunos conhecerem uma realidade social diferente da deles e amadurecerem enquanto trabalham para melhorar a vida de quem necessita”, conclui o professor Hélio.

Atendimento Vascular resulta em filas em unidade de saúde

No dia 11 novembro, foi realizado o 1º Dia Vascular de Botucatu. O evento foi promovido pela disciplina de Cirurgia Vascular e Endovascular da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, Rotary Clube “Bons Ares”, Fundação UNI e Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular - Regional São Paulo (SBACV-SP). 

A ação contou com a participação de docentes, médicos e residentes da disciplina de Cirurgia Vascular e Endovascular da FMB, alunos da graduação (iniciação científica) e enfermeiras da Secretaria Municipal de Saúde.

Neste dia, com objetivo de identificá-los, os pacientes foram submetidos a uma pré-triagem feita por alunos de graduação (iniciação científica) com pessoas acima de 55 anos, tabagistas e/ou hipertensos e/ou diabéticos ou com antecedentes familiares positivos para aneurisma de aorta abdominal (AAA). 

Filas se formaram no centro da cidade para que todos conseguissem uma vaga de atendimento.

Após esta etapa, todos foram encaminhados para realização de hemoglicoteste e aferição de pressão arterial. Os pacientes incluídos nos critérios supracitados foram encaminhados para a realização de ultrassonografia de artérias carótidas e da aorta abdominal com o intuito de se identificar aqueles com AAA (diâmetro > 3,0 cm) e estenoses de carótida > 50%. Estes foram encaminhados para o serviço de Cirurgia Vascular e Endovascular da FMB para acompanhamento. Todos os presentes (incluídos e não incluídos na triagem) receberam orientação para prevenção de doenças vasculares por meio de folhetos explicativos e conversas. A ação resultou em 332 atendimentos, sendo que destes, 234 foram encaminhados para a realização da ultrassonografia (aorta abdominal e carótidas).


A atividade recebeu patrocínio das seguintes empresas: Cirúrgica Botucatu, MEDI meias, Laboratório Biolab Farmacêutica, Distribuidora Brazil Cor e Mindray (que cedeu os aparelhos para a realização dos exames de ultrassonografia).

Planetário Móvel será atração no Centro Cultural em Avaré

Grupos de alunos do ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino participarão na próxima terça-feira, 28, de um dia todo dedicado aos estudos de astronomia, nas dependências do Centro Cultural Esther Pires Novaes.

A iniciativa, que conta com apoio da Secretaria Municipal da Cultura, é de uma instituição privada juntamente ao Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado de São Paulo (Sescoop/SP). Essa parceria garantirá a montagem de um Planetário Móvel de forma gratuita com projeções de vídeos curta-metragem sobre o tema.

Durante as sessões de 20 minutos, os estudantes farão uma viagem espacial simulada pelo universo com informações sobre os planetas, o sol, a lua, as constelações e orientação sobre a importância em cuidar da Terra. Esse recurso didático e pedagógico utilizado para a projeção do espaço sideral e seus elementos contribui de maneira positiva para o processo de aprendizagem nessa área de conhecimento.

Autora Cindy Stockler lança o livro Callíope: A Escrava de Atenas, que conta a história de uma grega que em meio a uma confusão se tornou escrava e passou por muitas experiências perturbadoras

O orgulho e a raça das mulheres de Atenas se projetavam para além do desejo de construir uma família aos moldes da sociedade, elas mantinham a certeza de que aquela forma de viver as manteriam seguras, mas não foi assim com Callíope.
A autora Cindy Stockler constrói uma verdadeira guerreira, daquelas que não vemos comumente na literatura, a que luta pela sua vida dentro dos costumes culturais. Callíope – a escrava de Atenas fará os leitores viajarem no tempo para 2.500 anos atrás e poderão desfrutar de todas as sensações que apenas a cidade helênica pode proporcionar.
Bonita e aos 15 anos foi entregue a um homem mais velho, conforme os custumes da época, porém o destino não deixou que se cumprisse. Callíope, em meio a confusão da Guerra do Peloponeso e ataques espartanos, num revés inesperado, é vendida como escrava.

            “Tártaros queria “compensar” o patrão daquele gasto exagerado. Tão logo chegaram à casa, havia ele mesmo grosseiramente cortado os compridos e macios cabelos de Callíope rente à nuca para vender na ágora às ricas mulheres, para fazerem tranças. As outras escravas assistiram à cena onde a novata, ainda meio amedrontada, fora humilhada pelo capataz que, com brutalidade, lhe pegara os cabelos com uma das mãos, machucando-a, e com a outra passara um facão em linha reta, empurrando-a em seguida.
- Venha.... Eu a ajudo... – dissera uma escrava mais velha, apiedando-se da garota que, caída no chão, atordoada, mal conseguia se levantar”.

Longe da família, sem ninguém, não mais dona nem de seu próprio corpo, subjugada à ira do capataz que a odeia, sendo obrigada a ações humilhantes e assediada por ricos cidadãos que desejam seus “favores”, a  jovem helênica tudo enfrenta de cabeça erguida, em seu coração sempre prevalecendo a honra de seus pais.
Nesta incrível viagem no tempo – Callíope – a escrava de Atenas – os monumentos, estátuas, cultura e ruas são detalhadas de uma forma viva e real. Facilmente os apreciadores da literatura de romance e de história criam empatia com os personagens e as técnicas de escrita da autora. E, além do romance, a obra permite uma imersão no contexto educacional com um aprêndice cheio de explicações sobre a época e costumes.

Callíope – a escrava de Atenas
Edição: 1ª
Letras do Pensamento
ISBN:9788562131288
Ano: 2017
Páginas: 336

SOBRE A AUTORA:  Cindy Stockler, romancista e advogada, é autora, entre outros, de “Operação Caipiroska” – romance que se passa em São Paulo. Especialista em ambientizar histórias em lugares singulares e detalhar cada peculiaridade da cultura, a escritora gosta de filmes e romances de época, além de viajar e conhecer as minúcias das grandes e pequenas cidades no Brasil e no mundo - o que contribui para suas idéias e seus romances.

21 de nov de 2017

Botucatu sediará curso de Reiki - terapia pela imposição das mãos, em dezembro

Nos próximos dias 9 e 10 de dezembro o terapeuta holístico e mestre Reiki no sistema usui e tibetano de cura natural, Fábio Bursaca, estará ministrando curso nos níveis 1 e 2 em Botucatu.
O evento ocorrerá na academia Shaolin de Kung Fu - unidade centro, na avenida Petrarca Bachi 904, próximo a rua Curuzu e a Escola Cristã.
Fábio Bursaca que atua com o Reiki há mais de 15 anos, destaca que a técnica não tem conotação religiosa e faz parte do sistema de terapias complementares.
E passou a ser oferecido, desde o início do ano, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), assim como a acupuntura, quiropraxia e outras técnicas, tendo sua eficiência comprovada por inúmeras pesquisas mundiais.
"Além disso, consiste em um meio eficaz de autotratamento e autoconhecimento", observou o terapeuta.
Com a aula, a pessoa poderá autoaplicar a técnica como também ajudar outros que queiram conhecer seus benefícios.
As vagas são limitadas.

QUANDO
Horário: sábado das 13 às 18h e domingo 9 às 12h.
Curso apostilado e com certificado.
Maiores informações: 14-99673 9737.

SAIBA MAIS:
A técnica japonesa se baseia na prática de imposição das mãos por meio de toque ou aproximação para estimular mecanismos naturais de recuperação da saúde.
De acordo com o Instituto Brasileiro de Pesquisas e Difusão do Reiki, o método é um sistema natural de harmonização e reposição energética que mantém ou recupera a saúde. É um método de redução de estresse, captando, modificando e potencializando energia.

Reiki é uma palavra japonesa que identifica o Sistema Usui de Terapia Natural (Usui Reiki Ryoho), nome dado em homenagem ao seu descobridor, Mikao Usui. Rei significa universal e refere-se ao aspecto espiritual, à Essência Energética Cósmica que permeia todas as coisas e circunda tudo quanto existe. Ki é a energia vital individual que flui em todos os organismos vivos e os mantém.

14 de nov de 2017

Prepare-se para a “Black Friday” sem cair na “Black Fraude”

Tradição nos Estados Unidos desde 1960, a “Black Friday” surgiu a partir de uma gíria policial da Filadélfia, na Pensilvânia, para designar o movimento de carros e compras nas ruas da cidade após o feriado de Ação de Graças. Todo o vai e vem de veículos e pessoas era por conta do início da temporada de compras para o Natal. Com o sucesso da ação, outros países trouxeram a prática para o comércio varejista a fim de impulsionar as vendas no fim do ano.
No Brasil, a “Black Friday” começou em 2010 por meio de descontos apenas nas lojas online. O resultado foi satisfatório e a ação foi prorrogada para os próximos anos, inclusive nas lojas físicas. Como de costume, este ano a data está programada para a última sexta-feira de novembro (24), com expectativas de recorde de vendas em produtos eletrônicos, como smartphones e televisores.
Com isso, uma nova armadilha surgiu nas vésperas da ação, em que comerciantes aumentam o preço das mercadorias e depois aplicam descontos para chegar no preço anterior. A falsa promoção recebeu o nome de “Black Fraude” e requer maior atenção para aqueles que desejam ir às compras no final de novembro.
A professora de Direito do Consumidor no Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP), Ana Carolina de Cassia Franco, ressalta que “o consumidor tem pouco conhecimento de seus direitos. Fora isso, a demora, a falta de fiscalização e a credibilidade quase que inexistente nas instituições fazem o consumidor se sentir desamparado”.
Levando em conta que todo o cuidado é pouco para não sair no prejuízo durante esta época, a docente destaca que é preciso fazer uma pesquisa prévia e comparar os preços. “O consumidor deve checar o preço do item desejado antes e durante o evento para ver se realmente está com desconto, tanto em lojas virtuais quanto em lojas físicas.  Nas compras virtuais, deve-se acessar somente sites baseados em serviços de pagamento de renome e verificar se a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados os dados pessoais do cliente, tais como nome, endereço, documentos e número do cartão de crédito”.
Uma das principais dicas é procurar pelo selo Black Friday Legal, que traz uma garantia de que as ofertas são reais e que a empresa se comprometeu a entregar o produto no prazo. Além disso, o Procon traz uma lista atualizada mensalmente de sites não recomendados no link:http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php.
A especialista ainda recomenta que “é importante pesquisar sobre a reputação da loja ou site escolhidos. Já nas lojas físicas, é recomendável avaliar com calma o produto.
O consumidor deve sempre pedir para testar o produto e perguntar sobre as regras para troca, pois é comum que algumas lojas mudem as políticas de troca e devolução dos produtos em promoção. Por isso, é válido ter atenção a essas questões antes de efetuar uma compra”,
 finaliza.
###

Sobre o CEUNSP - Com mais de 50 anos de tradição e dois campi – Itu e Salto –, o CEUNSP é reconhecido por seu ensino de qualidade, no qual a diretriz é a formação de profissionais com alto nível de excelência em ética, competência e competitividade. Oferece cursos em diversas áreas, com indicadores de qualidade comprovada pelo MEC, ENADE e Guia do Estudante. A Instituição integra a Cruzeiro do Sul Educacional S/A, um dos mais representativos grupos educacionais do País, com mais de 150 mil alunos, que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados, como Universidade Cruzeiro do Sul e Universidade Cidade de São Paulo (São Paulo/SP), Universidade de Franca (Franca/SP), Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), Centro Universitário Módulo, Faculdade Caraguá (Caraguatatuba – SP), Faculdade São Sebastião (São Sebastião/SP), além de colégios de educação básica e ensino técnico. Visite: www.ceunsp.edu.br.