18 de abr de 2014

Hospital de Botucatu será beneficiado com o McDia Feliz

O Mc Dia Feliz, que acontece no dia 30 de agosto, vai beneficiar o hospital das clínicas de Botucatu. Quem comprar um Big Mac no restaurante de Botucatu vai colaborar com a o setor de oncologia pediátrica do hospital.

Para essa festa da solidariedade, o restaurante McDonald’s em Botucatu, em parceria com o Instituto Ronald, já iniciou os preparativos para a organização do McDia  Feliz 2014. A grande mobilização em prol do combate e prevenção ao câncer infanto juvenil está agendada para o dia 30 de agosto (último sábado do mês) beneficiando centenas de jovens e crianças que lutam contra essa doença no hospital de Botucatu.




O lançamento nacional da campanha está previsto para o dia 20 de maio. Os tíquetes antecipados serão vendidos ao preço de R$ 13,00, em pontos que serão divulgados em breve.


Em 2013, a Oncologia Pediátria do HCFMB, por intermédio da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) recebeu R$ 43.155,66 obtidos durante com a venda de sanduíches Bic Mac. A meta para este ano é superar esse valor.

Ao longo dos últimos 25 anos, os recursos obtidos com o McDia Feliz, em todo o Brasil, têm viabilizado a implantação de unidades de internação, ambulatórios, salas de quimioterapia, casas de apoio e unidades de transplante de medula óssea, entre outros projetos em benefício de crianças e adolescentes com câncer.

Em Botucatu, com o dinheiro arrecadado durante a campanha, foi possível realizar importantes investimentos em benefício das crianças atendidas pelo HCFMB, que recebe em média de 20 a 30 casos novos por ano.

Os recursos obtidos nas campanhas de 2009 e 2010 foram utilizados para readequação e compra de aparelhos para a nova sala de emergência instalada no Ambulatório de Oncologia 
Pediátrica do HCFMB. O espaço, que já vinha sendo utilizado pelo hospital, passou por melhorias e foi equipado com monitores cardíacos, otoscópio, aparelho de aferição de pressão arterial, balanças ergométricas, carro de emergência equipado e cardioversor; possibilitando montar uma sala de emergência adequada e completa.


Graças às edições de 2011 e 2012 do McDia Feliz em Botucatu, foi adquirido um Ultrassom Doppler, um dos mais modernos do Brasil. O equipamento é utilizado para avaliação do funcionamento do coração em casos de choque séptico (falência circulatória aguda de causa infecciosa) de forma rápida e não invasiva. 

Segundo o médico responsável pela UTI Pediátrica do HCFMB, Dr. José Roberto Fioretto, isso permite que o ajuste da quantidade de volume e de medicação inotrópica (para melhorar o coração) sejam mais finos e precisos. “O Ultrassom também é utilizado para a obtenção de acesso venoso (veias calibrosas mais profundas) de forma muito mais segura e rápida, particularmente em crianças nas quais esse procedimento é bem mais difícil”, explica o especialista.

Antes da compra desse aparelho, a avaliação do coração das crianças internadas na UTI do HCFMB era realizada apenas com dados de exame clínico (por vezes mais subjetivos) ou o paciente tinha que ser transportado até a sala de ecocardiograma do hospital, o que nem sempre era possível, pois essas crianças estão muito instáveis para serem retiradas da UTI. 


“Sem o Ultrassom obtínhamos o acesso venoso por meio de punção percutânea, ou seja, às cegas. Esse procedimento ficava, então, muito mais perigoso”, garante Dr. Fioretto.

Na opinião do pediatra, o McDia Feliz é uma campanha com um alcance social que não pode ser medido; afinal, quanto vale a vida de uma criança gravemente doente? “Nossa diversão ou o nosso momento feliz agora pode permitir que alguém, no futuro, possa aproveitar a vida como nós e nossos filhos e filhas”, salienta.​

Com assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário