13 de ago de 2013

Acidentes de trabalho matam um por dia em SP

Em 2012 foram realizados cerca de 70 atendimentos diários em serviços do SUS por este tipo de ocorrência, aponta Secretaria de Estado da Saúde

Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo aponta que, em média, uma pessoa morre por dia vítima de acidentes de trabalho no Estado de São Paulo. Em 2012, foram registradas 444 mortes no Estado.



Os dados são do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador e da Divisão de Saúde do Trabalhador da Vigilância Sanitária Estadual, com base nas notificações feitas pelos municípios paulistas.

Desde 2006, foram registradas 2.239 mortes por acidentes de trabalho em todo o Estado. No mesmo período, 119.088 trabalhadores receberam atendimentos ambulatoriais e emergenciais pelo SUS em São Paulo. Só em 2012, foram realizados 25.486 atendimentos, cerca de 70 por dia.

Acidentes de trabalho podem ser evitados com o controle dos ambientes e das condições oferecidas aos trabalhadores. Portanto, a investigação das ocorrências tem como objetivo a prevenção. “É muito importante que todos os casos sejam notificados pelos serviços conveniados ao SUS”, explica Rosemairy Inamine, diretora técnica da Divisão de Saúde do Trabalhador da Vigilância Sanitária Estadual.

Algumas medidas como a obediência às regras de segurança e cuidados nas atividades diárias de trabalho também podem prevenir acidentes.

“É indispensável que cada trabalhador tome as medidas de segurança necessárias para sua área de atuação, como por exemplo, o uso adequado e continuo dos equipamentos de proteção”, enfatiza Rosemairy.

Casos de acidentes de trabalho fatais, graves e ocorridos em crianças e adolescentes, classificados como de notificação compulsória, devem ser comunicados pelos serviços de saúde às secretarias municipais de Saúde por meio de ficha de investigação devidamente preenchida por um profissional de saúde, com o diagnóstico clínico.

Quando o trabalhador tiver direito ao Seguro Acidente de Trabalho do INSS, a notificação também deve ser comunicada à Previdência Social, por meio da abertura de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT).

Dicas para prevenir acidentes de trabalho


- Siga todas as regras de segurança na realização de atividades mais perigosas
- Organize seu local de trabalho para que tenha tudo que precise à mão e não necessite improvisar
- Procure se informar sobre os riscos e cuidados que deve ter na realização de suas atividades diárias
- Sempre que puder, participe de ações ou cursos de prevenção de acidentes que forem oferecidos na empresa em que trabalha
- Utilize sempre os equipamentos de proteção adequados para a área em que atua, principalmente proteções auriculares, óculos, capacetes e dispositivos anti-queda, equipamentos de proteção-respiratória, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário