28 de mar de 2008

Staroup apresenta plano para pagar credores e funcionários; dívida pode chegar a R$ 60 milhões

A Staroup apresentou nesta semana seu plano de recuperação judicial na 1ª Vara Cível de Botucatu. Enfrentando uma crise, a empresa de jeans instalada na cidade entrou com o pedido de concordata, que foi aceito pelo juiz Marcelo Andrade Moreira.

Segundo o advogado Ronaldo Tecchio Júnior, nomeado para também atuar no caso, nos próximos 45 dias ele vai trabalhar sobre os números para definir o quadro total de credores a serem restituídos. Dez dias após esse prazo inicial haverá uma publicação final de todos os contemplados.

A análise dos documentos começa na segunda-feira. Os valores iniciais da dívida da empresa gira em torno de R$ 50 a R$ 60 milhões, segundo o advogado que atua no caso. "Os funcionários conseguiram pelo menos a liberação do Fundo de Garantia e Seguro Desemprego. Nesse processo a empresa deve informar como ela deve arrecadar, pagar e trabalhar daqui para frente", explica Tecchio Jr.

O prazo para quitar essas dívidas é de dois anos, sendo os primeiros 12 meses voltados aos casos trabalhistas. A Staroup de Botucatu foi autorizada a entrar em processo de recuperação judicial, no dia 23 de janeiro - um dia após dar entrada o pedido na 1ª Vara Cível de Botucatu. O deferimento foi feito pelo juiz Marcelo Andrade Moreira. Já foram demitidos este ano 80 trabalhadores em Botucatu e 300 em Avaré.

27 de mar de 2008

Polícia Militar descobre esconderijo e realiza a maior apreensão de caça-níqueis deste ano

A Força Tática da Polícia Militar descobriu na quarta-feira, 26, um dos maiores esconderijos de máquinas caça-níqueis de Botucatu. Essa é a maior apreensão realizada desde que começaram as operações contra esse jogo do azar. Pelo menos 60 máquinas foram encontradas em uma construção da Rua Curuzu, no Centro.

Também existia grande quantidade de peças. São memórias das máquinas, segundo a Polícia Militar. Duas das caça-níqueis estavam ligadas. Existia no local uma rampa para facilitar a entrada dos equipamentos, que normalmente são pesados.

Segundo o tenente Alexandre Cagliari, a operação se deu após denúncia anônima. “Esse local deveria estar mesmo sendo usado como depósito. Ninguém foi localizado e por isso não se sabe a quem as máquinas pertencem. Sem dúvida, é a maior apreensão de caça-níqueis”, comentou o policial.

Transporte - Dois caminhões seriam acionados para fazer o transporte de todas as máquinas. Também existiam fichas e um balde com moedas no local. A Polícia informou que pelas características do galpão essa construção deveria estar sendo usada como esconderijo já há algum tempo.

Sub-20 da AAB goleia na Copa TV TEM de Futsal

A equipe Sub-20 de futsal da Associação Atlética Botucatuense, representando Vitoriana, estreou na terça-feira, 25, na 10ª Copa TV TEM de Futsal.

Jogando em seu ginásio, a equipe botucatuense venceu Itatinga pelo placar de 6 a 1, em partida válida pela Chave 3, garantindo a classificação para a próxima fase do torneio.

A Chave 3 é composta pelas equipes de Itatinga, Pardinho e Vitoriana (AAB), passando para a segunda fase as duas melhores classificadas.

Até o momento, Vitoriana (AAB) tem uma vitória e um saldo de cinco gols, Pardinho também tem uma vitória (3 a 2 sobre Itatinga), estando com saldo de um gol. Já a equipe de Itatinga realizou as duas partidas da Chave, com duas derrotas e um saldo negativo de seis gols.

A equipe da AAB, dirigida pelo treinador Paulo Barros, fará a sua segunda partida pela Copa TV TEM na próxima sexta-feira, 28 de março, às 21 horas, em Lençóis Paulista, contra o time de Pardinho.

Outros dois jogos completaram a rodada desta terça-feira, no Ginásio I da AAB:
São Manuel 2 x 4 Alfredo Guedes; e
Aparecida 3 x 3 Santo Antonio da Estiva.

Licenças ambientais poderão ter maior agilidade com nova agência em Botucatu

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a Prefeitura Municipal inauguraram na quarta-feira, 26, a Agência Ambiental Unificada, que através da nova política do governo José Serra, coloca no mesmo espaço a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) e o DPRN (Departamento de Proteção aos Recursos Naturais). A intenção e dar maior celeridade e uma resposta conjunta dos pedidos de licenças ambientais.

A solenidade contou com a presença do secretário estadual de Meio Ambiente, Francisco Graziano Neto, do diretor geral substituto da DPRN, Antonio Luiz Lima de Queiroz e do diretor de controle de poluição da Cetesb, Otávio Okano. Ainda esteve na solenidade o prefeito de Botucatu Mário Ielo, de Bofete, Pardinho, Itatinga, Pereiras, Torre de Pedra, Tietê e Anhembi.

O secretário falou sobre a unificação da agência. "Quem imagina que o projeto de licenciamento unificado é meu, está muito enganado. É do governador Serra. Na época da transição de governo, quando nós nos preparávamos para assumir essa gestão, já havia sido colocada por ele próprio. Havia muita reclamação que as coisas não funcionavam como deveriam. A única solução era fazer a unificação que os técnicos reclamavam há muito tempo. Isso está dando certo. Já é a 18ª agência unificada", comentou.

A Cetesb terá nove funcionários e o DPRN cinco. A unidade fica na Rua João Morato da Conceição, 525, na Vila Maria. A unificação, acrescenta o secretário estadual, garante um processo mais rápido, ágil e transparente. "Logo tudo vai para a internet. Vamos ficar mais rigorosos. Ninguém pense que porque vai ser mais ágil que não será rigoroso. Não vamos afrouxar a questão ambiental e nem deixar ‘cozinhando o freguês’. Vamos dar um tratamento adequado aos empreendedores, que esperavam um ou dois anos para ter uma licença ou a negativa do pedido".

Mudanças - Graziano negou que existiu intenção de fechar o DPRN local. Ainda enfatizou que a Cetesb será nomeada Agência Ambiental Paulista/ Cetesb. Os processos das duas esferas (DPRN e Cetesp) ainda estão separados, os quais devem ser unidos oficialmente no futuro.

O secretário também disse ser proposta do Estado que os municípios passem a dar autorizações ambientais aos casos mais simples em obras de impacto local já a partir de 2009 para evitar demora. Outra promessa é zerar o lançamento de esgotos em rios. "Até 2010 eu prometi ao governador que vamos acabar com todos esses esgotos que poluem os córregos e lixões a céu aberto".

A nova agência atenderá a 14 municípios, uma população de 285.469 habitantes e uma área de 5.470 km2. Os responsáveis serão Raphael Pinheiro de Magalhães, pelo DEPRN, e Carlos Ogane, pela CETESB.

Botucatu leva 32 nadadores a competição em Marília

A equipe de natação da Associação Atlética Botucatuense participa do XX Troféu Fausto Alonso, que será realizado entre os dias 28 a 30 de março, no Yara Clube, na cidade de Marília.

Contando com 34 clubes inscritos, representados por mais de 650 atletas, o evento promovido pela Federação Aquática Paulista terá suas provas disputadas em piscina de 50 metros.

A natação da AAB, comandada pelo técnico Aniel Garcia Filho, o Zebra, participará com 32 atletas, 22 no masculino e 10 no feminino.

Conheça os nadadores da AAB que competirão no XX Troféu Fausto Alonso:

1. ANA JÚLIA DELGADO
2. JIULIA SARTO ALMEIDA
3. ARGEMIRO GERALDO NETO
4. JOÃO LAURENTE
5. BRUNO LOSI ZACHARIAS
6. JÚLIO CAMARGO
7. DIOGO SOUZA
8. LEONARDO LOSI ZACHARIAS
9. EDUARDO SERAFIM GODOY
10. LEONARDO SERAFIM GODOY
11. FABRIZZIO BALESTRIN PAGNIN
12. LUCAS PUPO
13. FELIPE RECHE DALCIM
14. LUIZA PELEGRINE
15. GABRIEL ROSOLEM
16. MARIANA PUPO
17. GABRIELA ZAMUNARO RUIZ
18. MARIO CAMALIONTE
19. GIANN LUCCA INTERDONATO
20. NAYARA BERTOLLA
21. GUILHERME CONTESSOTTI
22. OTTON OLIVEIRA
23. GUILHERME HENRIQUE ROSOLEM
24. PEDRO AUGUSTO MARTINS
25. GUILHERME SERRANO
26. PEDRO BUENO TORRES
27. GUSTAVO GRAMUGLIA FAVERO
28. RAFAEL DAL LAQUA DOS SANTOS
29. ISABELLA CARDOSO
30. RAFAELA CONTE
31. ISADORA RUIZ MILANI
32. STEFANNI SIQUEIRA PAIVA DO NASCIMENTO

Demitidos da Staroup realizam protesto

Cerca de 15 funcionários demitidos da Staroup fizeram protesto na terça-feira, 27, em frente à fábrica da Vila Paulista, em Botucatu, alegando que não receberam as rescisões trabalhistas. A empresa entrou em concordata. Seu pedido de recuperação judicial foi aprovado pela Justiça local e a empresa de jeans tem até essa sexta-feira para apresentar como planeja pagar seus credores. Só este ano foram demitidos 80 trabalhadores de Botucatu e 300 em Avaré.

Márcia Silva conta que foi demitida no dia 21 de janeiro deste ano após atuar na fábrica por dois anos e quatro meses. Esperou o prazo de 60 dias para receber, diz ela, a pedido da empresa, mas não recebeu os valores do tempo trabalhado. “Tive a luz cortada e precisei emprestar dinheiro para pagar”, afirma a desempregada.

Ana Paula Galdino trabalhou durante três anos na Staroup. O último vencimento que recebeu foi o 13º do ano passado. “As férias de janeiro não recebemos. Ninguém sabe da nossa real situação. Quem foi demitido no ano passado não recebeu até agora”, comenta a trabalhadora que ficou na fábrica durante três anos.

Rodrigo M. de Oliveira é outro que foi demitido e participou do protesto. “Cada hora falam uma coisa. Para um dizem que é preciso esperar 60 dias, para outros falam outro prazo”, reclama. Um dos trabalhadores disse que tinha que receber R$ 3 mil, mas foram quitados apenas três parcelas de R$ 330, depois não foi quitado mais nenhum valor da dívida trabalhista.

Um funcionário ligou da portaria da empresa para o setor administrativo, que fica a poucos metros de onde eles estavam. A informação dada por uma funcionária era que deveriam esperar 120 dias para receber. Os ex-funcionários não usaram faixas ou apitos. Eles deram entrevista à Rádio Municipalista e ao Diário da Serra. Ficaram parte da manhã em frente à loja e depois disseram que procurariam o advogado Ronaldo Tecchio Jr - nomeado para acompanhar a recuperação judicial da empresa e depois iriam ao Ministério do Trabalho.

Crianças agora podem ouvir histórias na Nobel

Era uma vez...A partir dessa quinta-feira, 27, às 19 horas, a Livraria Nobel de Botucatu passará a oferecer semanalmente e com entrada franca, sessões de contação de histórias. Será um espaço destinado à crianças de várias idades que, acompanhadas dos pais, poderão soltar a imaginação e passar horas de muita cultura e fantasia.

O grupo Era uma vez...formado pelos professores Raimundo Moreira Costa (40), Nazareno P. Estevam Batista (38) e Luisete Carvalho Costa (37) terá a incumbência de envolver a garotada, sendo eles leitores ou ainda não. Eles são cearenses que estão juntos há cinco anos e, em Fortaleza-CE, já se dedicavam à contação de histórias, também em livrarias.

Na Nobel de Botucatu eles se apresentarão todas a quintas-feiras, às 19 horas. Serão aproximadamente 50 minutos e haverá um tema diferente todo mês. Nesta quinta-feira, serão contos populares, chamados "três contos para vocês". Raimundo explica durante as contações, são utilizadas várias canções, além de recursos gestuais. O grupo ajuda, inclusive, aos pais que têm interesse em aprender a contar histórias para seus filhos e também os orienta sobre qual o melhor livro para cada idade. É estudada a possibilidade de, em maio, ser realizada, na Nobel, uma oficina especialmente destinada aos pais.

Luisete destaca que através das histórias é possível resgatar o vínculo entre pais e filhos e também criar um ambiente familiar que é bastante saudável para a criança. "Hoje, durante a infância, eles não "sentem" muito. É tudo mais visual", avalia. "Crianças que não lêem podem ter, no futuro, dificuldade de se expressar, de se relacionar. Pedagogicamente, ouvir histórias - o que estimula a leitura e a criatividade - é muito importante", acrescenta Raimundo, lembrando que desde a gestação os pais já podem contar histórias e cantarolar para os filhos. "A partir dos dois anos de idade é importante que as crianças comecem a ouvir histórias. É um momento de calor", cita Nazareno. "As histórias podem ser usadas, também, para ajudar a criança a lidar com traumas e outras situações", salienta Luisete.

O grupo Era uma vez...se prepara para lançar um CD com músicas infantis compostas por eles, na sede da Nobel em Botucatu. A data ainda será agendada. Confira a programação de contação de histórias que a Nobel preparou até junho:

ABRIL
Era uma vez conta Monteiro Lobato

Em comemoração ao mês do livro e da leitura será possível viajar em histórias e canções, onde cada criança percorrerá caminhos encantados encontrados nas histórias do maior autor da literatura infantil.

MAIO
Acalanto e Colo Histórias que Mamãe contava

Em maio, mês das mães, as crianças poderão ouvir e cantar acalantos que embalam os sonhos infantis e histórias que os ajudaram a dormir e sonhar com as boas imagens da figura materna.

JUNHO
Contos populares juninos

Durante esse mês a cidade se ilumina com os festejos juninos. Quem for até a Livraria Nobel poderá partilhar das várias histórias populares que rodeiam o Brasil, dando seu às crianças a oportunidade de conhecer a diversidade cultural através dessas histórias varias vezes contadas e recontadas.

Ielo está entre os 46 inscritos para vereador

Encerrou se na terça-feira, 25, o prazo final para inscrição ao cargo de vereador (a) no PT de Botucatu visando às eleições municipais de 2008. Por volta de 21 horas, quando do encerramento do prazo, a secretaria do partido acusava o recebimento de 46 inscrições.

Agora, os pré-candidatos passarão por uma avaliação que será feita pelo GTE – Grupo de Trabalho Eleitoral, e finalmente serão selecionados no Encontro Municipal, onde serão definidas, além das candidaturas proporcionais, o encaminhamento quanto à candidatura a vice-prefeito, bem como a tática eleitoral, com a definição da política de alianças para as eleições 2008.

Confira a lista:
Pré-Candidatos 2008 (Pela ordem de inscrição)

1 – José Fernandes de Oliveira Júnior
2 –Lourivaldo Bezerra da Silva
3 – Manoel Oliveira
4 – Antonio Lauro Machado
5 – Maria Aparecida Tobias Lyra (Mara da Cohab I)
6 – Márcia Aparecida Dela Hoz
7 – José Carlos Lourenção
8 – Genivaldo Cassimiro da Silva (Wado Silva)
9 – Luiz Aurélio Pagani (Lelo Pagani)
10 – Adriana Cristina Pires
11 – Joacás Pinheiro Salles Júnior
12 – José Antonio Pessoa
13 – Sergio Paulo da Silva
14 – Ana Maria Silva D’Arcadia
15 – Maria do Socorro Figueredo Silva Rúbio
16 –Regina Littério de Bastos Ferrari
17 – Sheila Adriana de Jesus Teixeira
18 – Márcia Penteado C. F. Vasques
19 – Paulo Sergio Alves
20 – Benedito José Gamito
21 – Antonio Carlos Trigo
22 – Adauto Pereira de Oliveira
23 – José Oswaldo Soares da Silva (Negão de Rubião)
24 –Antonio Francisco Ferreira (Tonhão)
25 – Antonio Mário de Paula Ferreira Ielo
26 – Alessandro Alves Vigliassi
27 – Antonio Carlos Góes de Oliveira (Góes)
28 – Luiz Carlos Rúbio (Luiz Rúbio)
29 – Anthemo Feliciano
30 – Wanderley Inocêncio
31 – Renato Ciaccia Rodrigues Caldas
32 –José Baron
33 – Marcos Pereira de Oliveira
34 – Ricardo Vieira Pinto
35 – Flávio da Silva
36 – Josias de Oliveira Júnior
37 – Dirceu Henrique Ribeiro de Carvalho
38 – Carlos Evaldo Linder
39 – Selma Regina da Silva Gonçalves
40 – Irene Cardoso Lopes
41 – Raul Antonio Albornoz Hewitt
42 – Aurélio Samuel Pedroso (lelo pasteleiro)
43 – Wilian Terra dos Santos
44 – Alisson Cabral da Silva
45 – Evair da Costa Nunes
46 – Luiz Carlos Bernardo de Oliveira

26 de mar de 2008

PAT vai preparar desempregados para o mercado

A Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo capacitou funcionários dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT’s), em Botucatu. Esli Marcilio Roma e Débora Biazon vão integrar o programa Time do Emprego. Eles serão os "facilitadores" no projeto que tem por objetivo principal resgatar a auto-estima do trabalhador desempregado e prepará-lo para retornar ao mercado de trabalho.

O Time também proporciona uma reflexão sobre as experiências profissionais anteriores, de forma que o participante possa reconhecer suas próprias habilidades e atributos. O Time do Emprego é resultado da adaptação de uma tecnologia transferida do Canadá, por meio de um convênio realizado com a Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo.

A proposta do Programa é identificar, dentro do cadastro dos PAT’s, as pessoas que têm dificuldade em encontrar uma vaga no mercado de trabalho e auxiliá-las a fazerem as escolhas corretas e atingirem suas metas de busca de emprego, através da valorização de habilidades adquiridas em experiências anteriores, tanto profissionais quanto de vida que o participante pode nem saber que tem e do resgate da auto-estima.

O Time de Emprego consiste em descobrir as habilidades das pessoas e beneficiarão aqueles que há tempos estão cadastrados no Posto de Atendimento ao Trabalhador, mas que ainda não conseguiram emprego. “É uma chance também de um ajudar o outro a se encontrar”.

Os participantes serão orientados sobre como se comportar adequadamente em entrevistas de emprego, como falar deles mesmos, que é fazer o marketing pessoal para conquistar uma vaga no mercado de trabalho; preparados para testes psicológicos e para provas específicas como matemática e redação, elaborar currículo etc., como escolher o emprego que seja condizente com suas experiências profissionais. Todas as ações são desenvolvidas com o propósito de auxiliar na direção e busca de um emprego.

Para participar é necessário ser cadastrado no PAT-SIGAE e estar desempregado há mais de 6 meses em emprego formal (Carteira de Trabalho), ou acima de 16 anos a procura do Primeiro Emprego. As inscrições podem ser feitas no PAT a Rua João Passos, 246, das 8h às 16h.

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), de Botucatu, está com as inscrições abertas no período de 24 a 31 de março para o Programa TIME DO EMPREGO, que oferece treinamento e acompanhamento aos desempregados. São 16 encontros no período de quatro meses, com três horas diárias, e com aproximadamente 25 participantes. As vagas são limitadas.

Competição esportiva que reúne 5 mil trabalhadores terá início em Botucatu

Depois do sucesso do ano passado às atenções novamente se voltam para os Jogos Industriários do Sesi 2008, a maior comemoração esportiva da América Latina. A competição que reuniu 5 mil pessoas de 35 empresas em 2007 tem tudo para mais uma vez movimentar os trabalhadores da indústria e associados do Sesi. A 61ª edição dos jogos vai ser ainda mais abrangente, já que estão programadas 42 modalidades, entre elas algumas novidades como: Gincana da Família, Tiro ao Alvo com Estilingue, Biribol, Montain Bike e Vídeo-Game.

O primeiro esporte em disputa será a pesca, marcado para o próximo sábado, dia 29 de março, no Pesqueiro Piracatu, em Botucatu. A principal novidade deste ano será divisão em duas baterias, uma marcada para às 8h e outra para as 14h. Os participantes escolhem em qual desejam participar. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no próprio Sesi, localizado a Rodovia Marechal Rondon, Km 247,4. Mais informações pelo telefone (14) 3815-1411 ou pelo e-mail: clebotucatu@sesisp.org.br. Vale lembrar que o evento é aberto somente aos funcionários de indústrias beneficiárias do Sesi e aos associados do clube.

“A pescaria tem sido a modalidade com maior número de inscritos nos últimos anos. Trata-se de uma modalidade especial, pois consegue reunir toda a família. Não há nenhum tipo de limitação física”, explica João Valter Romero, diretor do Sesi de Botucatu. É esse o espírito que a organização quer fortalecer ainda mais na edição deste ano. “Nós queremos que as famílias se reúnam para disputar os JOIS e partir disso reforcem ainda mais os laços familiares e se sintam incentivadas a praticar uma atividade física”, comenta o coordenador de Esportes Artemio Montanha.
No dia 5 de abril acontecem as provas de natação e no dia 12 será realizada a modalidade Biribol.

A abertura oficial do JOIS está programada para o dia 19 de abril, contando com dezenas de eventos e ações promovidas pelo Sesi e seus parceiros dentro do programa Vida Ativa, Botucatu Indústria Saudável. A organização promete muito Lazer, música, dança, esporte, beleza, recreação, ações de saúde, exposições e muita agitação. A programação completa será divulgada nos próximos dias.

No dia 20 de abril, a partir das 19h30, serão disputadas no ginásio do Sesi mais três modalidades: cantor (a), dança de salão e Rainha JOIS. É outro momento importante da competição segundo o diretor João Valter Romero. “São modalidades que deixam as empresas, sejam elas pequenas, médias ou grandes, em condições iguais de disputar uma medalha”, explica.

É importante ressaltar que na próxima quinta-feira, dia 27, a partir das 19h30, acontece mais uma reunião sobre a competição na sede do Sesi. Todos os coordenadores e multiplicadores das empresas estão convidados.

Loja contrata vendedores com salário até R$ 1.500,

DA REDAÇÃO
A loja Extra Eletro está recebendo currículos para vagas de vendedores. Os salários são entre R$ 1 mil a R$ 1.500, segundo a gerência da unidade de Botucatu. Interessados devem procurar a loja na Rua Amando de Barros, no Centro.

Os currículos serão recebidos pelo setor de RH e o agendamento de entrevistas também deve acontecer para os próximos dias. É solicitado que o interessado tenha experiência em vendas.

Os funcionários do Extra Eletro contam com plano de saúde, vale-refeição e vale transporte.

Força-tarefa continua operações e tenta limitar bares abertos somente até às 22 horas

A lei do silêncio para bares deve realmente estabelecer até às 22 horas o limite para esses estabelecimentos funcionarem. Pelo menos é a orientação que a Guarda Civil Municipal (GCM) tem dado aos demais setores da Prefeitura, principalmente ao departamento responsável pela expedição de alvarás. "A intenção é que os bares de bairros funcionem até às 22 horas. No Centro, os casos estão sendo estudados", disse o comandante da GCM-Botucatu, José Luiz dos Santos.

Na semana passada uma operação da Polícia Militar e da Guarda Civil fechou mais nove bares. Quatro foram lacrados por falta de alvará e outros cinco tinham autorização para funcionar, mas estavam abertos além do horário permitido. Nesse caso, os policiais solicitaram o fechamento e os donos tiveram que encerrar as atividades naquele momento. Entre policiais e guardas participaram da operação 40 pessoas.

O intuito desse trabalho é fechar os estabelecimentos irregulares e combater o problema de perturbação de sossego nos bairros e região central. "A grande maioria dos bares está sem alvará. A operação continuará pela cidade", disse o comandante da GCM.

Dessa vez a blitz percorreu até estabelecimentos centrais, como Libanesa e Polako, que estavam dentro da lei. Dentre os locais fechados estão: Imprensas, na Rua Campos Salles, além do Bar do Mendonça, localizado entre as ruas Campos Salles e Cardoso de Almeida.

Na Rua Cardoso de Almeida, 210, o bar estava em funcionamento após às 22 horas. Na José Victoriano Vilas Boas, no Jardim Paraíso, o estabelecimento Búbalos tem autorização até a meia noite, mas estava aberto após esse horário, segundo a GCM. O local já deu entrada ao pedido de um novo horário na Prefeitura.

Outros locais fechados foram: Bar e Lanchonete Milênium, na Rua Pedro Miguel Oyan, na Cohab I, por estar fora do horário, além de outro estabelecimento na Rua Jaime de Almeida Pinto, no Bar do Paulão, este último lacrado por falta de alvará. Na Rua José Torres Sanches, 210, na Vila Maria, o "Bar do Luiz" estava sem alvará. Na Rua José Victoriano Vilas Boas, o bar foi fechado porque estava fora do horário, ou seja, além das 22 horas.

Sidnei de Jesus Valério diz que o bar do seu filho foi fechado no Santa Elisa, porque não tinha alvará. "Não sou contra essa operação, mas tem dois ou três funcionando no mesmo bairro. Meu filho casou e depende do bar", disse ele que entrou com pedido de alvará na Prefeitura.

Operação anterior -Em 14 de março a Polícia visitou outros locais: Lanchonete Cravo e Canela (elaborado relatório pela GCM de orientação sobre música ao vivo), Bar do Bigode (lacrado pela GCM por falta de alvará; hoje ele já tem autorização), Bar Vem Que Tem (jogo do bicho e foi encontrado uma paranga de maconha dentro de uma caixa de bebida e encaminhado o caso ao Plantão Policial), Bar Búbalus, lacrado pela GCM por falta de alvará, hoje já tem autorização), Bar do Marcião (lacrado pela GCM - “alvará de 2005”), Bar Casarão (lacrado por falta de alvará) e Bar do Bocão, na Avenida II do Santa Elisa (lacrado pela GCM por falta de alvará e foram apreendidas três máquinas caça-níqueis sem dinheiro). A informação consta em relatório da Polícia Militar.

Empresa de aquecedor solar deve contratar 250 trabalhadores em São Manuel

São Manuel deve começar 2009 com números positivos na geração de emprego. Segundo informação divulgada hoje pelo Jornal Bom Dia Bauru, a empresa Soletrol, que atua no segmento de aquecedores solares vai inaugurar uma nova unidade de produção, anexo à fábrica já existente na cidade.

Hoje a empresa tem 500 funcionários. Os investimentos na nova unidade serão de R$ 10 milhões, segundo o jornal. A meta da empresa é atender a demanda existente no País devido às novas legislações que exigirão aquecedor solar de água. As exportações também devem ter um acréscimo nos próximos anos.

Maior fabricante de Aquecedores Solares do Continente Americano, a Soletrol tem este posicionamento após 24 anos de trabalho e ações contínuas de inovações tecnológicas.

Fundada em 1981, com sede própria em área de 20.000 m2, a Soletrol está localizada no em São Manuel, centro rodoviário do Estado de São Paulo.

Eadcon prorroga matrículas até dia 31

A faculdade localizada no Centro de Botucatu.

A Eadcon, maior faculdade de ensino a distância do País, prorrogou as matrículas em seus cursos até o dia 31 deste mês (segunda-feira). Muitas pessoas fizeram o vestibular e perderam o prazo da matrícula.

As mensalidades dos cursos são a partir de R$ 174,25. Este ano o vestibular Eadcon registrou um número recorde nas inscrições. Ao todo foram realizados quatro vestibulares, de outubro do ano passado até fevereiro deste ano, em mais de 1.500 municípios no País inteiro, contabilizando 194 mil inscritos.

Os alunos dos cursos de Graduação estudam através de aulas por meio de teleconferências, estudo individual e atividades pela Internet. As aulas acontecem uma vez por semana e os alunos têm a sua disposição biblioteca, tutoria, laboratório de informática e supervisão.

As demais atividades acadêmicas como aulas interativas, textos complementares e provas, os alunos realizam nos horários que escolherem, sempre utilizando o Portal Educacional Eadcon, disponível 24 horas por dia na Internet.

Onde procurar: Na região a Eadcon está presente em Bofete – contato (14) 3845-7308, Botucatu - (14) 3813-6652, Conchas - (14) 3845-7308, São Manuel (14) 3841-2956, Tietê (15) 3282-8337, Laranjal Paulista (14) 3845-7308 e Itatinga (14) 3845-7308.

Cursos oferecidos:
► Graduação em Administração
► Graduação em Ciências Contábeis
► Graduação em Complementação de Estudos
► Graduação em Comunicação Social
► Graduação em Fundamentos Jurídicos
► Graduação em Licenciatura em Letras
► Graduação em Licenciatura em Matemática
► Graduação em Pedagogia
► Graduação em Serviço Social
► Graduação em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistema

Pós
► Pós-Graduação em Gestão Escolar
► Pós-Graduação em Educação a Distância: Tutoria, Metodologia e Aprendizagem
► Pós-Graduação em Educação Infantil e Séries Iniciais
► Pós-Graduação em Educação Especial: Práticas Inclusivas na Escola
► Pós-Graduação em Metodologia do Ensino de Filosofia e Sociologia
► Pós-Graduação em Metodologia do Ensino de História e Geografia
► Pós-Graduação em Metodologia do Ensino de Ciências e Matemática
► Pós-Graduação em Metodologia do Ensino de Linguagens
► Pós-Graduação em Metodologia do Ensino Religioso
► Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional

24 de mar de 2008

Caio criará duas empresas; serão R$ 10 milhões em investimentos e 200 postos de trabalho

No final da manhã desta segunda-feira, o diretor da Induscar, Maurício Lourenço da Cunha, anunciou a ampliação da linha de produção da empresa e a criação de duas novas indústrias, no município de Botucatu. Uma será para a fabricação de peças de plástico e a segunda de vidro. O investimento total do grupo em Botucatu deverá ser da ordem de R$ 10 milhões.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva no auditório Cyro Pires, na Prefeitura. Além do empresário, participaram do evento, o prefeito Antonio Mário Ielo, vice-prefeito e secretário da Saúde, Valdemar Pereira de Pinho, secretário da Indústria e Comércio, Edinho Baptistão, diretor do CIESP, Moacir Fernandes. Também compareceram os vereadores Lelo Pagani e Luiz Carlos Rúbio, o secretário da Fazenda José Carlos Vasques e o secretário da Educação, Gilberto de Azevedo Borges.

O assunto mobilizou a imprensa local, que esteve representada pelo Jornal Diário da Serra, Jornal A Gazeta, Rádio Criativa, Rádio Clube, Rádio Municipalista e o site Entrelinhas.com.

Maurício da Cunha anunciou os investimentos que serão feitos no município e depois respondeu o questionamento da imprensa presente. “Estou aqui por acreditar na cidade e estar satisfeito com a relação que temos com a Prefeitura e a Câmara Municipal. Estamos anunciado a ampliação da linha de produção de carrocerias e a criação de duas novas indústrias no município”, colocou.

O diretor falou ainda, sobre o apoio que tem recebido do Poder Público. “Nós temos recebido apoio da Prefeitura, através da Lei que os vereadores votaram. Já foram feitas melhorias na entrada da fábrica e agora a Prefeitura deverá fazer a terraplenagem, galerias se houver necessidade e asfaltamento”, destacou. O grupo deverá receber incentivo na redução do ISS para a construção da nova indústria.

Ielo ficou entusiasmado com a notícia da ampliação da linha de produção da Induscar e a criação das novas indústrias. “É uma das melhores notícias deste ano. A ampliação da Induscar e a criação dessas duas novas fábricas. Nem sempre a Prefeitura pode ajudar, mas quando temos um empresário como o Maurício, facilita muito para nós da administração pública. É um trabalho que vem sendo realizado a algum tempo. Essa parceria nos permitiu realizar as melhorias no acesso à fábrica”, finalizou.

A Induscar é a maior empregadora de Botucatu, Atualmente conta com 3.045 funcionários diretos. As novas indústrias deverão gerar outros 200 empregos.

Prova da Câmara Municipal será dia 30

A Câmara Municipal de Botucatu está convocando a todos os candidatos inscritos no Concurso Público Edital nº 01/2008, para provimento de vagas nos cargos de Assistente Administrativo e Motorista para prestarem provas no dia 30 deste mês. (Veja abaixo os locais). Mais de 1 mil pessoas se inscreveram as provas.

O ingresso no local das provas só será permitido ao candidato que apresentar original de um dos documentos de identidade a seguir: Cédula Oficial de Identidade; Carteira e/ou cédulas de identidades expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Certificado de Reservista; Passaporte; Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Conselhos de Classe, que por lei federal, valem como documento de identidade (OAB, CRC, CRA, CREA etc.) e Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia na forma da Lei n.º 9.503/97).

O candidato deverá comparecer munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, lápis preto nº 2 e borracha, 30 minutos antes do horário estabelecido. Os portões serão fechados impreterivelmente às 8 horas. Só será permitida a participação das provas na respectiva data, horário e local determinado. Não será permitida, em hipótese alguma, realização das provas fora do local designado.

Os candidatos deverão observar as condições para prestação das provas previstas no Edital de Concurso nº 01/2008. Maiores informações poderão ser obtidas através do site www.institutocetro.com.br.


RELAÇÃO DOS LOCAIS DE PROVAS

101 Assistente Administrativo

Data da Prova: 30/03/2008
Horário da Prova 08h00
De: ADELY LOPES DOS SANTOS E.E. Dr. Cardoso de Almeida (CARDOSINHO)
Até: LUCILENE DE CARVALHO CASTRO SANTOS Praça Prof. Martinho Nogueira s/n
Centro - Botucatu

De: LUIS ANTONIO AGUILAR ETEC Dr. Domingos Minicucci Filho
Até: ZILENE COSTA SILVA Avenida Santana, 654
Centro - Botucatu

102 Motorista
Data da Prova: 30/03/2008
Horário da Prova 08h00
De: ADAUTO GODOY ETEC Dr. Domingos Minicucci Filho
Até: WILLIAM DE OLIVEIRA E SILVA Avenida Santana, 654
Centro - Botucatu
(Fonte Câmara Municipal).

Reajuste para servidores municipais será de 3%

O prefeito de Botucatu, Antonio Mário Ielo, concedeu aumento salarial de 3% aos servidores públicos municipais. Já o vale-compra alimentos, que era de R$ 250 passou vai passar a valer R$ 300. O aumento é retroativo a 1º de março, desta forma os servidores receberão R$ 350 de vale-compra.

O anúncio do aumento foi feito diretamente aos servidores, primeiro na Garagem Municipal e depois no prédio da Prefeitura. Ielo esteve acompanhado do vice-prefeito e secretário da Saúde, Valdemar Pereira de Pinho, dos secretários da Administracão, Reginaldo Padovani, Fazenda, José Carlos Vasques e de Obras, Rubens Bicudo e do presidente do Sindicato dos Servidores, José Manoel Leme.

Ielo antecipou a negociação salarial, pois a data base seria em maio. Essa decisao foi tomado devido as limitações impostas pela legislação eleitoral. A administração trabalhou com um limite de segurança, pois nesse ano o reajuste deve repor a inflação projetada para o período. Ainda durante a negociacao, ficou acertado que a data-base da categoria será antecipada de maio para março.

Também ficou acertado entre a Prefeitura e o Sindicato, que a partir deste ano, no mês de dezembro os servidores terão direito a um vale-compra alimentos em dobro.

Ielo destacou a importância que o vale-compra tem em seu governo. “Começamos o vale-compra alimentos com o valor de R$ 30 e vamos chegar ao final do mandato valendo R$ 300. Essa era uma proposta por mim”, finalizou.

A Prefeitura enviou para a Câmara Municipal o projeto de lei aplicando esses valores. A votação dos vereadores será nessa quarta-feira. "Esse é um valor ilusório, porque quando aposenta, o servidor vai perdê-lo. Vou protestar contra esse aumento. O prefeito poderia dar, pelo menos, 8%", questionou o vereador Ademir Florian.

O sindicato havia solicitado 8% de reajuste.

22 de mar de 2008

Nova linha da Induscar deve gerar empregos

Foi divulgado nessa sexta-feira pelo Jornal Diário da Serra que a líder nacional na montagem de ônibus urbanos, a Induscar, deve investir agora em uma nova linha de microônibus. Uma fábrica será montada próximo a Irizar, em Botucatu. O novo investimento deve gerar 200 novos empregos.

Detalhes dessa novidade serão anunciados nessa segunda-feira em coletiva na Prefeitura Municipal.

A Induscar, empresa encarroçadora de ônibus, tem seu escritório central localizado na cidade de São Paulo e um parque fabril na cidade de Botucatu, SP, com uma área total de 280.000 m2 e 85 mil metros de área construída. Tem cerca de 2500 colaboradores em empregos diretos na fábrica, participando do crescimento do pólo industriário da região e do Brasil.

A Induscar, é detentora da marca Caio, que mantém uma tradição de 61 anos. Atualmente é a líder de produção brasileira no encarroçamento de ônibus urbanos. Chegou aos seus sete anos como líder na produção de ônibus urbanos, com 38% de market share desse segmento. Em 2007, foram produzidos 5.965 ônibus urbanos, 22% a mais que em 2006 (4.900 unidades).

De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus (Fabus), a produção total em 2007 foi de 28.239 ônibus, incluindo todos os modelos.

Ela atua em todo o território nacional e em países como a África do Sul, Angola, Chile, Costa Rica, Equador, jordânia, Líbano, Nigéria, Peru, República Dominicana, Taiti, Trinidad Tobago, entre outros. Sua capacidade de produção é de 40 carrocerias ao dia.

A Caio nasceu quando o imigrante José Massa iniciou suas atividades comerciais em 1946, colaborando com a evolução do transporte coletivo do Brasil. A fábrica de Botucatu foi inaugurada oficialmente em 1982.

Em janeiro de 2001, o Grupo Ruas, constituído por empresas de transporte de pessoas, assumiu, por meio da empresa Induscar, o parque fabril e o direito de uso e comércio dos produtos Caio, além de vendas de veículos comerciais, chassis para ônibus, caminhões e automóveis nacionais e importados.

PM Rodoviária flagra contrabando de anabolizantes

A Polícia Militar Rodoviária mais uma vez flagrou o contrabando de anabolizantes e outros produtos durante operação na região. Na quinta-feira, 20, a policiais vistoriaram um ônibus Mercedes Benz, de Londrina (PR), quando localizaram os seguintes produtos: 20 frascos com 100 comprimidos de Stanozoland, 300 ampolas de Fortaplus, kit de auto-falante marca Logithec, modelo X530 e 16 comprimidos de Cialis. Toda a ação ocorreu na base rodoviária de Avaré, na Rod. Castello Branco.

A equipe TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) abordou o veículo, o qual fazia o itinerário Foz do Iguaçu - Campinas (SP), transportando 29 passageiros e, ao proceder vistoria no bagageiro do referido veículo, encontrou uma caixa de auto falante identificada com a etiqueta de bagagem do acusado André B. T. (24), de Campinas.

O suspeito estava na poltrona 4. Ao suspeitar do peso da caixa e ao notar que os parafusos da mesma encontravam-se riscados, a caixa foi aberta, sendo encontrados os produtos ilegais. Foi dada voz de prisão em flagrante delito e a ocorrência encaminhada ao 1º DP de Avaré/SP para as providências cabíveis. O indiciado foi liberado após a lavratura do B.O.

Som alto: Ielo é contra proibir estacionamento no Largo da Catedral

O prefeito Mário Ielo comentou sobre a força-tarefa montada a partir de audiência pública na Câmara Municipal, na semana passada, na qual se discutiu o problema de perturbação de sossego na cidade, principalmente no Largo da Catedral Metropolitana.

Ielo diz não ser necessária uma nova nomenclatura (força-tarefa) para resolver o problema de barulho,alegando que já existe um trabalho junto à Guarda Civil Municipal (GCM) e Secretaria de Planejamento analisando os pedidos de alvarás e fiscalizando bares. "Estamos fazendo esse trabalho. O comandante da Guarda Civil Municipal me passa todas as informações sobre o assunto", comenta.

Ele afirma que o problema de barulho em altas horas da noite não é centralizado. "O que for viável ser executado para melhorar vamos estar fazendo, sem novas nomenclaturas. Perturbação de sossego existe em toda a cidade. Estamos atuando de forma equilibrada com todas as partes, comenta. "Proibir o estacionamento no Largo não sou favorável. O cidadão tem direito de estacionar", salienta.

Jovens têm direito de usar a avenida como um ponto de paquera, segundo Ielo, como também ocorreu com a Rua Amando de Barros. "Discordo completamente de proibir paradas no local. Tem que ser respeitado o direito de ir e vir. Não tem que existir guetos", enfatiza.

Ielo afirma que o limite para o som alto já é até às 22 horas como previsto em lei. Alerta ainda que a legislação local, apesar de não ser inteira regulamentada, já vale em vários aspectos. "Estamos a colocando em prática. É uma lei complexa".

Bar precisa ter limite - "Sou a favor que bares tenham um limite. Mas é preciso analisar caso a caso. A GCM avalia o horário que deve funcionar esse tipo de estacionamento. Tem que ter um limite de funcionamento sim", disse.

Ielo nega que inexistem eventos para a classe mais pobre da cidade, citando eventos realizados pela Prefeitura, como Botucanto, shows no aniversário da cidade, além de outras atrações que o Município proporciona, como o show da cantora Ivete Sangalo, dia 29. Ainda lembra as atividades do Esporte Comunitário, Lazer Itinerante nos bairros, campeonatos de futebol e investimentos em pistas de skate pela cidade. "A área de lazer sempre vai necessitar de mais investimentos", coloca.

Força-tarefa
- Uma audiência na Câmara Municipal realizada na semana passada levou autoridades e vereadores discutirem o som alto na cidade. A Polícia Militar e a GCM têm feito operações no Largo da Catedral ostensivamente. Na audiência a Polícia avisou que não tem como manter policiamento todo final de semana na praça e que necessita de uma providência das autoridades. (Foto: site Polo Cuesta).

Prazo para Staroup apresentar plano de recuperação vence na próxima sexta-feira

Vence na sexta-feira, 28, o prazo que a Staroup tem para apresentar seu plano de recuperação judicial. Ela deve mostrar todos os valores devidos e de que forma deve liquidá-los. Dia 27, é o último prazo para habilitação ou apresentação de divergência quando à relação de credores divulgada pela Justiça.

A empresa enfrenta uma crise que já demitiu 300 funcionários em Avaré e 80 em Botucatu. A importação de materiais asiáticos estaria forçando essa situação na fabricante de jens.

Na quinta-feira da semana passada aconteceu uma reunião entre o Procurador do Trabalho, José Fernando Maturana, além de um advogado da empresa, Edmilson W. Vicente e o representante nomeado pela da Justiça para acompanhar o caso, o advogado Ronaldo Tecchio Jr. “Foram discutidos pontos do processo e todo o andamento que deve ser dado a essa questão”, informa o advogado nomeado.

Também houve uma reunião entre Tecchio e o advogado da Staroup com o juiz da 1ª Vara Cível de Botucatu Marcelo Andrade Moreira, responsável por autorizar a recuperação judicial da empresa de confecção.

Após a empresa publicar a relação de empresas e ex-funcionários que irão receber ela ainda poderá ser questionada pelos credores, segundo Tecchio Jr. Segundo ele, o plano de recuperação judicial é de dois anos, primeiro para pagar os funcionários e o segundo os fornecedores.

O valor de toda a de toda a dívida ainda não foi divulgado. (Imagem da campanha da empresa).

DET confirma mudança de direção no Jd. Paraíso

A Prefeitura de Botucatu, através do DET – Departamento de Engenharia e Tráfego de Botucatu, comunica que a partir de quarta-feira, 26 de março, duas vias localizadas no Jardim Paraíso sofrerão alterações na mão de direção.

As Ruas Plácido Rodrigues Venegas e Lourenço Carmelo passarão a ser mão-dupla nos trechos entre a Avenida Camilo Mazoni e os Jardins Mirante e Paraíso II.

A mudança no sentido das duas vias foi um pedido de moradores da região. Após uma avaliação do fluxo de carros e constatação de que a alteração não afetaria o trânsito e segurança dos motoristas e pedestres, o DET atendeu a solicitação.

21 de mar de 2008

Ladrões invadem fazenda; vigia é baleado

DA REDAÇÃO

A Polícia Militar de Botucatu recebeu a informação de que um vigia foi baleado durante tentativa de roubo que aconteceu por volta das 23 horas dessa sexta-feira na Fazenda Santa Cecília, localizada na Rodovia Geraldo Pereira de Barros (SP-191), próximo ao trevo do Rio Bonito.

Segundo fontes da reportagem, cinco assaltantes invadiram o local. Na tentativa de render dois vigias houve uma confusão e um dos funcionários do local acabou baleado no braço. Ele sangrava bastante. Foi solicitado socorro ao Corpo de Bombeiros.

A Polícia Militar de Botucatu foi avisada de que os dois vigias rendidos estavam trancados no imóvel do local. A PM realizava patrulhamento nas imediações atrás dos bandidos. A informação é que os ladrões estavam em um carro prata. A marca seria um Corsa ou Palio.

Toda a rede policial continua em busca de informações sobre esse episódio e se houve algum bem levado da fazenda.

20 de mar de 2008

Botucatu pode ter se transformado em fornecedora de drogas para outras regiões do estado

A Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Botucatu já fez 4 flagrantes de tráfico nos 19 primeiros dias de março. Cinco pessoas acabaram presas. O que chama a atenção é que em três flagrantes as pessoas vieram comprar a droga em Botucatu para levar a outras regiões. Em um deles, o autuado revenderia a droga em Marília, segundo a Polícia Civil. Uma mulher detida esta semana levaria o entorpecente a São Paulo, informou ontem durante entrevista à Rádio Clube, o delegado Carlos A. Improta Julião Filho.

No dia 3, Eberson S. e João P. C, que são de Itatinga, foram detidos na Rodovia Eduardo Zuccari quando voltavam de Botucatu, onde adquiriram crack e maconha para revenda naquela cidade, segundo a Dise. Ele estava com 98 gramas de maconha (quatro tabletes) e três papelotes de crack.
O terceiro tráfico ocorreu na semana passada à noite. José H. S, segundo as investigações, veio comprar droga em Botucatu e a venderia em Marília. Ele foi preso próximo a um supermercado da Avenida Vital Brazil, dirigindo-se para o terminal rodoviário, tentando retornar para sua cidade. O acusado estava com 300 gramas de crack, suficientes para produzir 900 papelotes. Com a venda a droga ele conseguiria R$ 9 mil.

"Fazemos uma avaliação positiva de quatro tráficos em apenas 19 dias", afirma Julião. "Quanto à suspeita de a cidade estar sendo usada como fornecedora de droga a outras regiões isso ainda está sendo investigado. Pode ser que se trata de uma coincidência ou ser verdadeiro", completa o titular da Dise.

MULHER COM DROGA - Na terça-feira, 18, Rosângela S. (33) foi presa por policiais da Dise com um quilo de pasta de crack. Ela estava nas imediações do terminal rodoviário de Botucatu. O entorpecente apreendido é suficiente para produzir até três quilos da droga (cerca de 9 mil papelotes). Ela levaria a droga para São Paulo.

A delegacia especializada tem realizado diversas apreensões de pasta base de crack. Somente neste ano, a Polícia tirou de circulação 6,5 quilos da droga. "Estamos intensificando o combate para evitar que esse material entre na cidade", disse o delegado Paulo Buchignani, também da Dise.

O único caso deste mês em que não foi constatada compra da droga em Botucatu para a revenda em outra cidade ocorreu no Bairro Arlindo Durant. Um menor de 15 anos foi detido vendendo entorpecente no local. (Com Diário da Serra).

Novaes: Água ruim é responsável por 70% das internações de crianças

O jornalista Washington Novaes (TV Cultura) participou quarta-feira do último dia do II Encontro Regional de Recursos Hídricos realizado no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, em Botucatu. As atividades começaram na segunda-feira com participação também de Bofete, Pardinho e Itatinga.

Um dos pontos discutidos por Novaes no encontro foi a problemática em torno da água quando o assunto é poluição. "70% das internações de crianças na rede de saúde pública são por doenças veiculadas pela água e 80% das consultas de crianças pediatras na rede pública são também são por doenças veiculadas pela água, como diarréia e infecções intestinais", informa.

A principal causadora desse problema hoje, afirma ele é a poluição. "Temos uma porção de fatores influindo na qualidade da água. Talvez o maior poluidor é a falta de tratamento de esgotos. No Brasil, metade da população sequer tem rede de coleta do esgoto. E dos esgotos que são coletados 80% são devolvidos aos rios e aos córregos sem nenhum tratamento. O que é tratado, só se retira metade da carga orgânica e a outra metade vai para os rios. É uma quantidade brutal se considerado que cada pessoa produz em média 200 litros de esgoto por dia", cita.

Perda da biodiversidade - Ele ainda cita a poluição industrial. "Ela é pesada, também tem a agrícola, o lixo rural e a questão dos nutrientes que vão parar os rios e córregos. Saiu um relatório da ONU (Organização das Nações Unidas) dizendo que chegam nos mares e oceanos 100 milhões de toneladas de nitrogênio por ano. São fertilizantes usados no mundo inteiro e que a chuva carreia para dentro da água. Esse é o principal motivo da perda da biodiversidade marinha".

Pagar pelo lixo - O ônus para a poluição, como do lixo, segundo ele deve ser de quem o produz. "O custo da coleta tem que ser de quem gera, seja domiciliar ou industrial. No mundo inteiro já existe isso. Na Alemanha é assim. Conforme o tamanho do contêiner que a pessoa usa vai pagar proporcionalmente uma taxa. Esse sistema é sustentado por produtores de lixo seco. O gerador paga proporcionalmente à sua produção, com isso, os produtores de embalagens passaram a produzir embalagens menores e rótulos mais leves para que as taxas pagas por deles serem menores. Com isso, o lixo seco na Alemanha, em oito anos, diminuiu 15%, o que não é pouco", afirma.

Aqüífero – Esse reservatório de água que é Aqüífero Guarani, segundo Novaes, enfrenta uma situação preocupante. "Acho que Brasil não cuida bem do aqüífero. Tem vários lugares que a retirada de água já é maior que a reposição e pode comprometer o Aqüífero. Em alguns lugares há poluição, principalmente a química, na região Ribeirão Preto, Prudente e São Paulo", informa.

Ele lembra que existem alguns estudos que mostram que o Aqüífero não é único, pois divide-se em compartimentos isolados. "Isso torna ainda mais agudo o problema do aqüífero. Como ele é compartimentado a reposição é mais complicada porque precisa ser feita naquele compartimento específico. Os estudos sobre ao Aqüífero estão ainda muito no começo. Existem estudos nos vários países do Aqüífero patrocinado pelo BIRD (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento), mas o Brasil precisa tomar cuidado".

Água exportada - O jornalista também comentou sobre o que estudiosos chamam de exportação virtual. "O mais complicado de tudo é a exportação virtual de água que está embutida nas exportações de comodites que o Brasil faz. Estudos do Fórum Mundial da Água diz que para você produzir um "quilo de boi" é preciso 15 mil litros de água, para o porco são 8 mil litros e frango 4 mil litros. Quando se exporta um quilo de carne de frango você também envia 15 mil litros de água", disse.

Segundo ele, o Brasil exporta produtos baratos e fica com os custos sociais e ambientais. "São os importadores que definem os preços. Tem produto que se a gente fizer a correção pelo valor real vai perceber que o Brasil exporta a preços inferiores aos que vigoravam na recessão de 1930. Assim, o Brasil está contribuindo para a riqueza e o bem-estar do primeiro mundo. Eles não precisam sacrificar o seu meio ambiente e colocam o preço que querem nos produtos", critica.

Fotos: Cléber Novelli

Abertura da Prefeitura no horário do almoço enfrenta resistência de servidores

O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais informou que um abaixo-assinado organizado por funcionários da Prefeitura se mostrou contra a abertura do prédio central durante o horário do almoço, no ano passado.

A população tem feito críticas pelo fato de o local não funcionar no único horário em que muitos trabalhadores têm livre: das 10h30 às 13h. “De pronto, a resposta dos trabalhadores é que essa mudança não é viável”, comenta o secretário do sindicato dos trabalhadores municipais de Botucatu, Fernando Pascussi.

Ele observa que a mudança não funcionou no passado, quando o prédio ficava aberto ininterruptamente e as seções da Administração Municipal não tinham número suficiente de trabalhadores para atender ao público. O abaixo-assinado foi encaminhado ao secretário Municipal de Administração, Reginaldo Padovani no final do ano passado. O número de assinaturas existente no documento não foi informado.

O servidor municipal da Secretaria de Planejamento, Luiz Fernando Fazzio (47), diz que é favorável à abertura da Prefeitura na hora do almoço desde que haja uma escala de serviços e rodízio entre os trabalhadores. “Tem que funcionar de uma forma que os trabalhadores consigam resolver as soliciações dos usuários”, afirma.

Usuários - O industriário José Aparecido Correa Silva foi procurar a Prefeitura esta semana e o prédio estava fechado. “Geralmente é esse horário que quem trabalha tem livre”, informa Silva, que não sabia que o local estava sem funcionar.

A dona de casa Célia Cristina Ribeiro também afirma que já tentou atendimento no local e teve que voltar para casa. “Isso já aconteceu comigo”, disse. O funcionamento da Prefeitura é das 8h às 10h30 e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. (Com Diário da Serra).

Acusados de assalto são presos pela PM

Duas pessoas foram presas pela Polícia Militar, ontem, acusadas de assaltar uma Quitanda na Rua Braz de Assis, na Vila dos Lavradores, em Botucatu. Segundo a Polícia, por volta do meio dia e meia dois homens invadiram o estabelecimento comercial. Um maior de idade e outro adolescente foram detidos.

O menor foi encontrado na Avenida Dr. Vital Brazil e entregou o segundo, que estava na estação ferroviária. Ambos ficavam em um vagão abandonado do local. O assalto aconteceu através de ameaça com faca, quando a proprietária de 41 anos e um funcionário de 50 foram rendidos.

Um roubo já havia sido praticado na estação ferroviária nesta semana. Além da faca, a PM apreendeu um revólver na casa de um dos acusados. (Com Diário da Serra).

Blackout vai gravar música de trabalho



Dentro de algumas semanas Botucatu vai conhecer a gravação em estúdio de três músicas da banda botucatuense Blackout. Um dos destaques é a música "Outro Lugar" - que já vem sendo divulgada em vídeo dos ensaios da banda.

"Esse trabalho originará nosso primeiro single que terá três músicas, logo entraremos em estúdio", comentou o guitarrista da banda, Rodrigo Santana.

A Banda Blackout já é destaque em todo Estado, colecionando várias apresentações. Hoje o trabalho é feito desde pequenos shows acústicos para bares, teatros e conferências até apresentações com estruturas maiores.

Atualmente além da banda Blackout, o guitarrista Rodrigo Santana também é “sideman” - músico contratado para se apresentar ou gravar - da banda Abr3 com a qual teve oportunidade de dividir o palco com nomes como Tony Garrido (Cidade Negra), Wilson Sideral, Rodrigo Faro, entre outros. Dá aulas particulares de diversos instrumentos, além de trabalhar como free lancer gravando para diversos artistas da região.

A formação da banda conta com Inoã Nunes (voz, violão e gaita), Maycon Pelícia (contrabaixo, voz e vocais), Júlio “Cumbica” (bateria e vocais) e Rodrigo Santana (Guitarra, violão, voz e vocais).

19 de mar de 2008

Fiscalização de máquinas acaba em fechamento de bar no Bairro Boa Vista

Na segunda-feira, 17, uma ação da Polícia Militar contra máquinas caça-níqueis fechou um bar por falta de alvará em Botucatu. O caso aconteceu na Rua Antonio Inácio, na Boa Vista.

Por volta das 20h40, a PM localizou três máquinas no local após denúncia anônima. O equipamento ilegal foi apreendido no Plantão Policial. Durante a abordagem foi observado que o local não contava com alvará. A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada e providenciada a lacração do bar.

O comandante da Polícia Militar de Botucatu, capitão Maurício José Raimundo informa que as denúncias contra caça-níqueis ocorrem diariamente. "Diariamente recebemos duas reclamações de máquinas caça-níqueis e observa-se uma grande insatisfação da população contra esse jogo do azar, principalmente pela rapidez e facilidade de se gastar grandes somas, como no caso em questão, já que estava causando graves problemas financeiros à família do denunciador", comenta.

Paulista de futsal: Sub-20 ganha; equipe principal perde

As equipes Sub-20 e Principal de futsal da Associação Atlética Botucatuense enfrentaram, na noite de quarta-feira, 19. no Ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto, as equipes do SME Ribeirão Preto, pelo Campeonato Paulista do Interior.

O time Sub-20 conquistou um bom resultado fora de casa, ao bater o time de Ribeirão Preto pelo placar de 4 a 3. Com duas vitórias e uma derrota, a equipe comandada pelo treinador Paulo Barros está empatada na segunda colocação da chave B com o Unimed/Jaboticabal, ocupando a posição inferior (terceira) pelo saldo de gols, Jaboticabal está com dois positivo e a AAB com um.

Principal perde
Já a equipe principal da AAB/Prefeitura Municipal de Botucatu sofreu a sua terceira derrota na competição, perdendo por 4 a 1. No momento, o time ocupa a quinta colocação da chave B de sua categoria, com seis gols marcados e treze sofridos.

As duas equipes voltam à quadra, pelo Campeonato Paulista do Interior, no próximo dia 29, quando enfrentam os times da Associação Atlética Itapeva, no Ginásio C.C. Esportes, em Itapeva. (Da Assessoria).

18 de mar de 2008

Município teve 20 suspeitas de dengue

A Vigilância em Saúde Ambiental (EVSA) de Botucatu registrou entre o dia 3 de janeiro e 12 de março, 20 notificações de casos suspeitos de dengue, Desse total, cinco delas são negativas e 15 aguardam o laudo do laboratório de referência, segundo confirmou ontem, André Peres Barbosa de Castro, coordenador da Equipe de Vigilância em Saúde Ambiental da cidade.

A EVSA solicita aos moradores que colaborem eliminando possíveis criadouros em suas residências e que diante de qualquer sintoma suspeito da doença, como febre prolongada, e dores pelo corpo, principalmente atrás dos olhos, que procurem assistência médica. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 150. "Considerando que temos um Índice de Breteau de 2,89, ou seja acima de 1,0, que é recomendado como um índice seguro, é importante que a população colabore, diminuindo os criadouros do mosquito e notificando todo e qualquer caso suspeito", comenta o coordenador da EVSA local.

Segundo o relatório de janeiro, Botucatu havia registrado 14 notificações de possíveis casos de dengue. Dentre os registros confirmados existia um positivo alóctone - tipo contraído fora da cidade (local de infecção Iturama - MG). Todos são suspeitos de dengue clássica, ou seja, nenhum deles apresentou complicações hemorrágicas, segundo esse primeiro levantamento de janeiro, segundo a EVSA.

Locais de risco - A região mais afetada até janeiro era a central com dois casos suspeitos. Existiam mais registros: dois na Vila Jardim (negativos), além de um caso nos bairros: Parque 24 de Maio, Vitoriana, Vila dos Lavradores, Boa Vista, Jardim Cristina, Cohab I, Jardim Ypiranga e Parque Marajoara. Também contam com único caso a Vila dos Lavradores, Recanto Azul (um caso negativo em cada local).

Os casos suspeitos foram encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz e se forem confirmados positivos, a Equipe iniciará trabalho de nebulização nas residências das regiões afetadas no sentido de eliminar a forma adulta do mosquito Aedes aegypti, quebrando assim a cadeia de transmissão da doença.

Os locais com maiores problemas de infestação do mosquito atualmente deverão ser divulgados pela EVSA para alertar os moradores. No período de chuva o risco de dengue é maior. Na quarta-feira, a Saúde divulgou que o índice de Breteau caiu para 2,10 - medido em março. (Com Comunicação). (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr/ ilustração).

Washington Novaes palestra em Botucatu

O jornalista Washington Novaes (Tv Cultura) estará nessa quarta-feira participando do II Encontro Regional de Recursos Hídricos que acontece no Teatro Municipal Camillo Farnandez Dinucci, em Botucatu. Participam do evento, além da cidades sede, Bofete, Itatinga e Pardinho. O convidado está entre os mais importantes comentaristas e estudiosos sobre o meio ambiente no País.

O encontro começou na segunda-feira, 17. Nesse dia houve palestra sobre Lançamento de materiais da Expedição Lavapés, além de palestra de Eliana Gabriel da Escola de Meio Ambiente de Botucatu. Ontem, houve palestra sobre a Sabesp, Pardinho, Itatinga, Bofete e Projeto Gigante Guarani, bem como sobre o projeto Tanquinho Vivo.

Programação - Nessa quarta, às 9h30, o tema da palestra será Gestão de Recursos Hídricos nos Comitês de Bacias Hidrográficas com Jussara de Lima Carvalho, da Cetesb.

Às 10h30 Washington Novaes fala do tema: “Água no Século XXI - Perspectivas sobre seu uso, escassez e o desafio à sua universalização”. Ainda haverá mesa redonda com o convidado. Informações no telefone: 3882-1290 - Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Sem reforma do Fórum, OAB prorroga uso de sua sede para o júri

A subsecção de Botucatu da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) prorrogou por mais três meses o uso do seu auditório para sessões do júri. No local, são julgados os crimes de maior repercussão da cidade, como tentativas e homicídios.

No ano passado, a Diretoria Regional de Ensino (DRE) pediu seu auditório de volta e o Fórum ficou sem lugar para esses julgamentos. A OAB foi a opção para não paralisar esses tipos de processos. "Hoje não tem outro local. Não é o mais ideal, porque existe só uma entrada. Preciso reduzir o ritmo de trabalho na OAB quando há júri, mas é hora de colaborar", afirmou o presidente da OAB-Botucatu, José Eduardo Rodrigues Torres.

Essa é a segunda prorrogação de uso do local. O júri acontece todas duas vezes por mês, sempre às quintas-feiras. "Nossa esperança é a reforma do prédio antigo do Fórum. Contamos com isso", ressaltou José Eduardo Torres.

Importante conquista alcançada em 1.920, o prédio tem seu projeto assinado pelo renomado arquiteto Ramos de Azevedo. Em outras épocas o terreno escolhido para sua edificação fora contestado, por ter sido um antigo cemitério, desativado em 1.893.

Mesmo assim, as obras continuaram e a obra foi inaugurada. O edifício acolheu também as funções policiais e a cadeia Pública, até ser as repartições transferidas para o atual prédio localizado no Bairro Alto.

O local recebeu o nome de Desembargador Alcides Ferrari, homenagem ao primeiro advogado nascido em Botucatu. (Com Diário da Serra/ Guia Botucatu).

ARE: Durante férias, posto de saúde não repõe médico

Basta o médico sair em férias e as filas de pacientes só aumentam. Essa é a realidade enfrentada por muita gente quando precisa de atendimento no ARE (Ambulatório Regional de Especialidades) de Botucatu. O aposentado Abel Nunes de Oliveira conta que esperou por 187 dias tentando ser atendido em seu retorno. Sem sucesso, resolveu enfrentar os custos de um médico particular. Os gastos foram de R$ 500, entre consultas e exames.
Ele afirma que foi atendido no “posto da avenida” por um urologista no dia 19 de setembro do ano passado. O profissional pediu exames feitos nos dias 14 e 18 do mesmo mês, mas o médico entrou em férias, por isso, a recepção daquela unidade de saúde solicitou que Nunes voltasse apenas em janeiro para remarcar a consulta.

A consulta de retorno foi marcada quando ele voltou em janeiro ao local, sendo agendada para o mês de fevereiro deste ano, no dia 29. Para surpresa do aposentado, ele recebeu uma ligação do posto de saúde estadual pedindo que ele desconsiderasse a data de retorno já que foi preciso transferi-la para o dia 18/3. “Me ligaram pedindo para marcar a consulta em outra data, nisso decorridos 187 dias ou seis meses, podendo os resultados dos exames feitos antes estarem alterados. Só tem um médico urologista, pode?”, reclama o paciente.

Abel Nunes informa que já reclamou sobre o problema ao deputado estadual Jorge Caruso, ao senador Paulo Paim e ao governador José Serra, mas não obteve resposta de nenhum deles, nem mesmo da assessoria. O envio das cartas aconteceu no primeiro semestre do ano passado. “O idoso e seu estatuto estão esquecidos. No posto da Avenida nem temos preferência, mesmo com idade acima dos 60 anos. Só nos resta reclamar ao jornal”, disse o reclamante. A Secretaria Estadual foi procurada para comentar o assunto. A informação da assessoria é que não há falta de médicos. Apenas não é feito agendamento no período de férias. (Com Diário da Serra/ Foto ilustrativa).

17 de mar de 2008

Botucatu é destaque na Tv Cultura na preservação do Aqüífero Guarani

Matéria exibida na TV Cultura, no último domingo, mostra o trabalho realizado em Botucatu através da ONG Giramundo. Tudo isso ocorre na Cuesta, uma das áreas de recarga do Aqüífero Guarani - maior reserva subterrânea de água doce do mundo. Leia a reportagem:

O Gigante Adormecido é o cartão postal da Cuesta de Botucatu, no interior paulista. Cuesta é um degrau natural que, neste caso, separe o leste e o oeste do estado.
Entrevista com Fernando Yoshida/turismólogo: " Esse relevo é como se fosse uma serra, como se fosse a Serra do Mar, só que ela tem um lado de subida depois fica plana, a queda é suave. Isso proporciona, pela hidrografia, muitas cachoeiras, mirantes, vários aspectos do turismo de aventura e do ecoturismo".

No subsolo existe outra riqueza, desconhecida pra muita gente: um grande reservatório de água doce. Você já ouviu falar do Aquífero Guarani?
Entrevista Jorge Martins/ coordenador geral do projeto Gigante Guarani, do Instituto Giramundo: " Aqui no Aquífero é como se a gente tivesse uma Amazônia subterrânea, no sentido que é uma quantidade de água absurda, água potável, que várias cidades do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai utilizam para seu abastecimento e um dos pontos
da área de recarga é aqui no entorno da Cuesta".

Na chamada área de recarga a água da chuva se infiltra no subsolo e mantém a reserva. Não existe um lago embaixo da terra. A melhor imagem pra representar o Aquífero Guarani é a de várias esponjas sobrepostas, encharcadas. A água fica no meio das rochas. Ele ocupa uma área de 1 milhões e duzentos mil quilômetros quadrados. Equivale a quase cinco vezes o tamanho do estado de São Paulo. O Brasil tem dois terços do total. É preciso garantir a conservação da área de recarga pra manter a qualidade da água.

Entrevista com Jorge Martins,Coordenador Geral/Projeto Gigante Guarani:
"O ponto mais vulnerável para a contaminação é a recarga e se você contamina o Aquífero está expondo as pessoas à diversos tipos de problemas associados à isso".
Em São Paulo cerca de duzentas cidades usam água do Aquífero. Ribeirão Preto, por exemplo, é toda abastecida por ele. Nesta gruta, uma cena rara: o reservatório aflora. Se pode ver a água.

Por estar embaixo da terra, embaixo dos nossos pés, essa imensa reserva de água doce não chama a atenção como esta bela cachoeira, um rio ou um lago que estão ao alcance dos nossos olhos. Mas para a ong Instituto Giramundo, que desde 98 trabalha aqui na região de Botucatu com agricultura familiar, é importante lembrar que o Aquífero existe e precisa ser conservado. Por isso desenvolveu o projeto Gigante Guarani.

Uma das metas é manter o solo coberto pela vegetação natural. No Parque Municipal Cachoeira da Marta, um pedaço de Mata Atlântica sobrevive, apesar das plantações de cana de açúcar, eucalipto e frutas cítricas, e as pastagens pro gado que dominam a região. Parte das cerca de 15 mil mudas de árvores plantadas pelo Projeto Gigante Guarani veio pro entorno do parque. O Feijão Guandu cria sombra e dá ao solo nutrientes prá que outras plantas vinguem. Espécies como a Bracatinga, do Cerrado, e a Aroeira, da Mata Atlântica.

Instituto Giramundo
www.mutuando.org.br

Mata Sugizaki conquista 34 medalhas no Circuito Regional

Dessas 34 medalhas, 13 foram conquistadas pelos alunos dos projetos sociais da Associação de Judô Mata Sugizaki com parceria da Prefeitura Municipal e Secretaria de Esportes de Botucatu, onde dessas 14 medalhas, foram 4 ouros, 3 pratas e 6 bronzes. "Assim, é importante ressaltar que estamos começando a colher os frutos da união de um trabalho sério com a credibilidade de bons parceiros", afirma o sensei e também atleta Victor Soares Leopoldo.

Segundo o sensei Mário Sugizaki "o resultado foi excelente e um bom preparativo para o Campeonato Regional". Ele também destacou a participação dos alunos dos projetos assistenciais. "Esses alunos tiveram uma ótima performance e estão aparecendo novos talentos", declara.

No dia 12 de abril a Associação de Judô Mata Sugizaki estará no Campeonato Regional da 3ª Delegacia Regional Centro-Sul da FPJ - Federação Paulista de Judô. O torneio também será disputado em Botucatu. O Campeonato Regional é a porta de entrada para o Paulista, valendo classificação para o Estadual do Interior.

Medicina
O judô da Medicina Unesp - Botucatu estará participando da pré Intermed nesta quarta-feira, dia 19 de março, em Araras. A primeira disputa será contra Bragança Paulista. Caso vença o confronto, enfrentará na semi-final o vencedor de Marília e Presidente Prudente. "A expectativa de trazer medalhas é boa. A equipe vem treinando junto há quatro anos e acredito que temos chance de medalhas", afirma o técnico Mário Sugizaki.

A equipe é composta pelos atletas Gilberto Ornelas, Cauê Pessoa, Heniton Tonelli, Fernando Koga, Daniel Shiroma, Vitor Ritto, Márcio Araújo e Rodolfo Brum.

Botucatu segue invicto na Liga Regional de Handebol


(Foto ilustrativa). A equipe masculina adulta de Botucatu entrou em quadra no domingo, 16 de março, e venceu Bauru por 17 a 16 atuando na casa do adversário, em partida realizada pela Liga Regional de Handebol. Os gols foram anotados por Zé Nélson [6], Edinho [3], Alison [2], Macabra [2], Marcolin, Paulinho, Milio e Marco.

A próxima rodada da competição será disputada no Ginásio Municipal de Esportes de Araçatuba no dia 30 de março, com a categoria juvenil. O time feminino botucatuense enfrenta São Manuel ao meio-dia e, em seguida, às 13 horas, é a vez do masculino jogar diante dos donos da casa.

Preparação – A equipe feminina botucatuense, categoria juvenil, viaja para São Paulo no dia 28 de março para realizar um amistoso contra o Esporte Clube Pinheiros.
A partida está marcada para as 18 horas e serve de preparação para os Jogos Abertos da Juventude e Jogos Regionais.

Esporte Comunitário – As equipes de handebol de Botucatu fazem parte do Projeto “Esporte Comunitário”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esportes.

As aulas são gratuitas e acontecem de segunda a sexta-feira, no Ginásio da escola “Aranha Pacheco”, no Jardim Paraíso. Mais informações podem ser obtidas com o Prof. José Nélson através dos telefones 3882-6261 e 3882-8100.

Workshop aborda ansiedade e relaxamento; inscrições de interessados continuam abertas

Nunca a ansiedade atrapalhou tanto o ser humano, que muitas vezes, toma decisões equivocadas ou mesmo acaba adoecendo por conta desse problema. Estão sendo formadas turmas para o mês de abril no workshop que traz o tema à tona. O responsável pelo desenvolvimento do curso é o psicólogo e terapeuta corporal Marcus Vinícius Moreno.

O público alvo são pessoas ligadas à área de saúde e educação; além das que se interessam por melhor qualidade de vida, com ansiedade, estresse e o público em geral.

Estão entre os objetivos do curso: abordar os princípios da linguagem corporal, aumentar a percepção sobre as formas de comportamento que geram ansiedade, desenvolver o autoconhecimento, as formas de controlar o estado emocional diante de situações estressantes ou ansiogênicas, formas de alcançar o relaxamento e melhorar a qualidade de vida.

Os temas abordados são: a respiração e sua importância emocional, ritmo e respiração, tipos de respiração, relação entre corpo, mente e emoções, autoconhecimento, noções de hipnose, neuroses, como se forma a tensão, couraças musculares, somatização, como funcionam os relaxamentos, tipos de relaxamento, relaxamento pelo toque - massagem de redistribuição energética, formação dos medos, relaxamento neuromuscular progressivo, relaxamento por sugestão, comportamento assertivo, comportamento agressivo, elementos essenciais do comportamento assertivo - postura, olhar, gestos, etc, e seus significados, desenvolvimento do próprio comportamento, dicas contra a ansiedade, saúde física e mental e qualidade de vida.

O curso tem duração de 10 horas. O investimento é R$ 100 por pessoa. Interessados devem encaminhar e-mail para casbtu@gmail.com.

16 de mar de 2008

Cão na rua será só com guia e coleira, diz autor da lei de animais

O projeto de lei sobre cuidados com animais deve ir para votação nos próximos dias. Os freqüentes ataques, principalmente de cães contra raças de pequeno porte, ou mesmo contra pessoas, fez com que Botucatu elaborasse lei para coibir o descuido com os animais de forma geral.

"Animal na rua será só com guia e coleira", explica o vereador Luiz Caldas Jr (PC do B), que elaborou o projeto de lei junto com ONGs e demais representantes da sociedade.

A lei atual, afirma o parlamentar de Botucatu, é muito vaga quanto às penalidades sobre animais soltos. Segundo a Vigilância em Saúde Ambiental (VSA), hoje apenas é possível apreender o animal, que é retirado do dono quando ele reincide no erro de deixar, por exemplo, seu cão solto. Depois o caso deve seguir para a Justiça.

A legislação quando aprovada dará parâmetros aos proprietários de como agir com seus animais, segundo Caldas. "Temos uma Vigilância em Saúde Ambiental bastante atuante, mas faltam instrumentos legais para agir", explica. "Lugar de cão é em casa. Não pode ter acesso à rua. Há um dispositivo que protege o carteiro. Quando o animal é considerado ‘mordedor’ ele poderá ser recolhido se houver muita reclamação; não será necessário ser localizado na rua", destaca.

Outras normas
- Ficará também proibida a criação dos animais de produção. Os cavalos, por exemplo, serão autorizados. Porcos e galos estão na lista dos proibidos. Os circos não poderão ter animais e os rodeios necessitarão de autorização da VSA. (Foto ilustrativa).

"Não lembro nada do que aconteceu; gostava muito dela", diz pedreiro acusado de matar esposa

Foto: Ana, que morreu após facadas.

O pedreiro Valdemir de Oliveira Viana (40), acusado de matar a facadas sua amásia, a doméstica Ana Rosa Cândido (42), concedeu entrevista à reportagem enquanto estava internado no Hospital das Clínicas de Botucatu sob escolta. "Cheguei do serviço e tivemos uma discussão. A gente sempre brigava, mas nunca imaginei que fosse acabar nisso", comentou o pedreiro.

O crime aconteceu na quinta-feira à noite, na Rua Horife Jorge, no Jardim Brasil. Ele e a esposa estavam na casa onde moravam, de dois cômodos, junto com o filho da doméstica.

Ele ainda diz que sua memória apagou. "Não lembro de nada do que aconteceu. O álcool tirou minha memória. A gente estava junto há uns oito ou nove meses. Gostava dela, não sei como foi acontecer isso", afirmou.

Alcoolismo - Valdemir ainda cita que já fez tratamento para alcoolismo, mas não resolveu. "Nunca tive ficha na Polícia a não ser por agressão. Fiz tratamento de alccolismo, mas não resolveu. É uma tragédia, vou ter que pagar, né", comentou.

Viana continuava internado na manhã de ontem, conversava e seu estado era aparentemente bom.

Falsificação de medicamentos ainda é grande



VÍDEO - Apesar dos mecanismos de proteção criados nos últimos anos, como o lacre, a apreensão de remédios falsificados é rotina no país. Em 2007, foram 400 mil unidades e 70 mil este ano. (Da Agência Brasil).

Ciesp pesquisa qualidade no fornecimento de energia em empresas

O CIESP (Centro das Indústrias do Estado de SP) informou que sua Diretoria Regional de Botucatu está realizando pesquisa entre seus associados, com o objetivo de mapear possíveis dificuldades no atendimento de solicitações efetuadas à CPFL – concessionária de energia elétrica.

O levantamento é apurar se existe "alteração de carga instalada", além de problema de "demanda" ou outros serviços, que podem ser sido gerados pelo aumento ou alteração de processos produtivos, de implantação de novos projetos e/ou instalação de novas unidades, segundo explica uma carta enviada a associados.

As empresas podem enviar informações ao Ciesp através do e-mail cbotucat@ciesp.org.br. A coordenação desse trabalho está a cargo de Edison Baptistão – 1º Vice-Diretor. Os dados coletados embasarão análise e deliberação quanto ao encaminhamento aos órgãos competentes, informa o Ciesp. (Foto ilustrativa).

Botucatu e Pardinho ganham salas de informática

O deputado federal Milton Monti confirmou nessa semana que Botucatu vai receber um telecentro de informática completo, doado pelo governo federal através do Ministério das Comunicações. “O próprio ministro Hélio Costa fez questão de me comunicar essa importante conquista para a população de Botucatu”, informou o deputado, vice-líder do governo na Câmara. Para Milton Monti, a inclusão digital é uma forma eficiente de integração social da comunidade.

O telecentro é uma sala com todos os equipamentos de informática disponíveis à população. “É um programa federal que busca a inclusão digital e a promoção da integração das pessoas. A cidade vai receber um kit completo, com mobiliário e equipamentos necessários para disponibilizar internet grátis para a população”, explica Milton Monti.

A prefeitura vai receber um kit completo para montar o telecentro. São mesas e cadeiras, armários, computadores completos (servidor e terminais), programas de computador, impressora, aparelho de DVD, televisão, data show, câmera de vídeo e um ponto de presença do Governo Eletrônico, que é um serviço de atendimento ao cidadão.
Para que o telecentro seja instalado em Botucatu, a prefeitura terá que disponibilizar uma sala adequada para receber os equipamentos, pessoal para monitorar o uso dos equipamentos e fornecer o acesso à internet.

“O que realmente importa é que o serviço estará disponível e poderá ser utilizado por qualquer cidadão, porque uma das exigências é que o telecentro seja acessível também aos portadores de necessidades especiais”, comemorou o deputado encarregado de anunciar a novidade.

Pardinho também foi contemplado com um telecentro.


Kit Telecentro comunitário

Computador servidor
Dez computadores em rede
Projetor multimídia (data-show)
Roteador sem fio
Impressora a laser
Central de monitoramento remoto (câmera de vídeo)
Mesa para impressora
Mesa do assistente
Onze mesas para computador
Armário
Vinte e uma cadeiras multiuso

Tráfico leva casal para a cadeia

Pouco antes das 3 horas da manhã deste domingo, 16, um casal acabou preso por tráfico em um bar do Jardim Brasil, em Botucatu. Um jovem de 24 anos e sua mulher de 23 anos foram descobertos durante patrulhamento da Polícia Militar, que abordou os dois em um bar.

Segundo a Polícia, na calça do rapaz existiam 42 pedras de crack, além de R$ 573 em dinheiro. Segundo apurou a polícia, a mulher também participava da venda da droga no local. (Com Jornal Bom Dia).

Botucatu perde final da Copa Record de Futsal nos pênaltis; Marília é campeã

O BFC (Botucatu Futebol Clube) perdeu para Marília nos pênaltis e saiu da Associação Atlética Ferroviária (AAF) de Botucatu com a segunda colocação da Copa Record de Futsal Feminino 2008.

Botucatu perdeu o segundo e último jogo na final da Copa Record de Futebol por 5x3. Como o BFC venceu a primeira partida (5 a 1) e perdeu a segunda partida, a disputa foi para prorrogação, que terminou em 1 a 1. Nos pênaltis, Marília venceu por 5 a 4.

O jogo - Em partida bastante disputada prevaleceu no primeiro tempo a força-física da jogadora do BFC, Mônica, que marcou duas vezes de cabeça, mesmo de costas para o Gol. O terceiro gol foi diferente: Michele ajeitou para a batida de Mônica.

A jogadora Mônica foi expulsa no segundo tempo após cotovelada contra a goleira de Marília. Ela chegou a empurar o juiz. A torcida tentou ir para cima das jogadoras reservas e o jogo precisou ser paralisado. A PM e a Guarda Municipal tiveram que pôr ordem no local.

Marília que pressionou bastante conseguiu um gol no primeiro tempo e voltou a marcar, no segundo, três vezes. Botucatu sofreu o quinto gol pressionado com uma jogadora a menos. A final disputada na AAF-Botucatu recebeu bom público.

O jogo foi transmitido pela PRF-8 e TV Record Bauru.

15 de mar de 2008

Grande aparato policial faz operação contra bares sem alvarás pela cidade

DA REDAÇÃO
Começou nessa sexta-feira e se estendeu até a madrugada de hoje uma operação entre as Polícias Militar, Civil e Guarda Civil Municipal contra bares irregulares em Botucatu.

Cerca de 10 viaturas e quase 30 homens passaram por um bar na Avenida Dom Lúcio, próximo à Caixa Econômica Federal, o qual foi fechado por não ter alvará exposto no estabelecimento.

Outro local vistoriado foi um bar nas imediações da Praça São José, onde policiais encontraram alguma parangas de droga, provavelmente crack, atrás do balcão e que teriam sido dispensadas por freqüentadores. A Rua Dr. Costa Leite ficou impedida durante a ação que ocorreu quase no início da madrugada deste sábado.

Para não ter o bar fechado o proprietário teria que apresentar toda a documentação exigida pela lei. A polícia tenta junto com a Prefeitura e a Guarda Municipal limitar alvarás de bares até às 22 horas em toda a cidade. Mais locais seriam vistoriados.

Pedreiro é acusado de assassinar esposa

Ana Rosa foi morta com golpes de faca

Botucatu registrou na noite de quinta-feira, 13, mais um homicídio. É o segundo caso do ano. Segundo informação de Boletim de Ocorrência (BO) registrado no Plantão Policial, o pedreiro Valdemir O. V. (40) matou sua amásia, a doméstica Ana Rosa Cândido (42), usando uma faca de 25 centímetros. O crime teria ocorrido após discussão, na casa onde ambos moravam, na Rua Horife Jorge, 320, no Jardim Brasil.

Consta nos registros que a Polícia Militar chegou no local depois das 19 horas, quando uma Unidade Resgate dos Bombeiros já havia socorrido a mulher. O acusado do crime, segundo populares, teria fugido. Ele foi encontrado por policiais militares nas proximidades do local, ferido no abdômen. A viatura da PM socorreu-o até o PS do Hospital das Clínicas.

Durante conversa com policiais ele disse, segundo o BO, que tinha usado bebida alcoólica e, após discussão, desferiu vários golpes de faca contra a doméstica. Valdemir ainda afirmou, segundo a Polícia, que se auto lesionou com um golpe de faca para simular uma legítima defesa. O acusado do crime foi autuado em flagrante no Plantão Policial do Bairro Alto pelo delegado Emerajal Torres.

Internado no PS, o homem apontado como autor dos disparos ficou sob escolta de policiais enquanto se recupera do golpe no abdômen. Quando receber alta ele deve se juntar aos 201 presos que estão detidos na cadeia pública de Botucatu. (veja mais detalhes e fotos do caso no Diário da Serra deste sábado).