18/02/2008

Asilo Padre Euclides constrói salão de cabeleireiro para idosos


Emílio Cassetari, do asilo, mostra novo local/ Foto: Cristiano Alves

Casa São Vicente de Paulo - Asilo Padre Euclides de Botucatu - está melhorando ainda mais a estrutura oferecida aos 65 velhinhos que moram em casas existentes no local. Um novo imóvel com três cômodos será usado para bazar, salão de cabeleireiro e depósito - para evitar a deteriorização de materiais. No local estão sendo investidos cerca de R$ 80 mil em um espaço de 100 metros quadrados.

Segundo o presidente da entidade, Emílio Euclydes Cassetari, o depósito novo será usado para guardar objetos como cadeira de banho e de rodas, por exemplo, que antes acabavam se deteriorando sem um espaço ideal. Já o bazar é feito hoje, diz ele, em local impróprio. As doações passam por triagem aos velhinhos, a segunda seleção é para bazar e, por fim, o restante é encaminhado para doação às vilas pobres.

O terceiro cômodo será usado para salão de cabeleireiro. Segundo o presidente da entidade, a empresa Rielis se interessou em equipar esse espaço que cuida da beleza dos velhinhos. Voluntários farão o serviço. "Hoje os cortes de cabelo acontecem em frente à enfermaria, porém, a Vigilância Sanitária pede que seja uma coisa separada. O Rielis se prontificou a ajudar doando os equipamentos", afirma Cassetari.

Atendidos
O Asilo é mantido com verbas estaduais e municipais, além de voluntários e colaboradores. O local tem vagas para 70 idosos - cinco a mais da quantidade que atende hoje.

Informações sobre o trabalho do asilo, como ser voluntário ou a forma de fazer doações, podem ser obtidas pelo telefone (14) 3882-2005.